Prevalência, Fatores Etiológicos e Tratamento da Obesidade Infantil

Por: e Ludmila Dalben Soares.

Revista Brasileira de Cineantropometria & Desempenho Humano - v.5 - n.1 - 2003

Send to Kindle


Resumo

Nos últimos anos, o interesse sobre os efeitos do ganho de peso excessivo na infância tem aumentado consideravelmente, devido ao fato que o desenvolvimento da celularidade adiposa neste período ser determinante nos padrões de composição corporal de um indivíduo adulto. Este trabalho teve como objetivo investigar a prevalência da obesidade infantil, identificar os possíveis fatores etiológicos além de verificar quais as intervenções que se destacaram nesta última década como forma de diminuir e/ou prevenir a obesidade em crianças. Os resultados encontrados foram que a obesidade é uma das enfermidades nutricionais que mais têm apresentado aumento de sua prevalência, tanto nos países desenvolvidos quanto nos em desenvolvimento. Em relação aos fatores etiológicos relacionados com o desenvolvimento da obesidade na infância são determinantes o desmame precoce, introdução de alimentos inadequados e a inatividade física. Para o tratamento do obeso infantil, é importante a atuação de equipe multiprofi ssional (médico, nutricionista, psicólogo, e o educador físico). Existem, porém, algumas recomendações gerais a serem seguidas: dieta balanceada que determine crescimento adequado e manutenção de peso; exercícios físicos controlados além do apoio emocional individual e familiar. Para melhores resultados no tratamento é importante a cooperação dos pais. A escola tem papel fundamental ao modelar as atitudes e comportamentos das crianças sobre a atividade física e nutrição.

Endereço: https://periodicos.ufsc.br/index.php/rbcdh/article/view/4008

Comentários


:-)





© 1996-2020 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.