Prevalência de Lesões Ortopédicas em Atletas de Vaquejada

Por: Carlos Henrique Jasmim Brollo, Gudson Gleyton Queirós de Sousa e Kamilla Feitosa de Abreu.

Revista Brasileira de Ciências do Esporte - v.33 - n.1 - 2011

Send to Kindle


Resumo

Introdução: A vaquejada é um esporte genuinamente brasileiro, com tradição de mais de 100 anos, e até então não havia conhecimento da prevalência de lesões neste esporte. Materiais e métodos: Foi utilizado um questionário com questões objetivas e subjetivas. Participaram deste estudo 74 atletas, do sexo masculino, com média de idade de 33 anos. Resultados: Foram encontradas 208 lesões nos 74 atletas, perfazendo uma média de 2,8 lesões por atleta. A área mais acometida foi membro superior (75%), seguido de membro inferior (20%), tronco (3%) e cabeça e face (2%). A lesão de maior prevalência foi entorse com 84 lesões (40%). Conclusão: A vaquejada está associada ao alto índice de lesão, podendo afastar os competidores por longos períodos.

Endereço: http://revista.cbce.org.br/index.php/RBCE/article/view/881

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.