Prevalência de Obesidade, Hipertensão Arterial Sistêmica (HAS), Diabetes Mellitus (DM), Dislipidemia e Dores Musculoesqueléticas nos Participantes do Projeto Saúde do Trabalhador do Hospital Risoleta Tolentino Neves (HRTN)

Por: G . S. Sousa, Kátia Euclydes de Lima e Borges, L. F. Cunha e Thiago Aguiar Andrade.

XIV Congresso de Educação Física e Ciências do Desporto dos Países de Língua Portuguesa

Send to Kindle


Resumo

Objetivo:
Verificar a prevalência de Obesidade, Hipertensão Arterial Sistêmica (HAS), Diabetes Mellitus
(DM), Dislipidemia e dores musculoesqueléticas nos participantes do projeto Saúde do
Trabalhador do Hospital Risoleta Tolentino Neves (HRTN).

Método e resultado:
A amostra foi composta de 106 funcionários do HRTN, encaminhados pelo Serviço Especializado em Medicina do Trabalho (SESMIT). Foi realizada Antropometria para verificar a presença de Sobrepeso e Obesidade por meio do cálculo do Índice de Massa Corporal (IMC) e para a prevalência de HAS, DM e Dislipidemia, assim como a presença de dores musculoesqueléticas foi identificado através do autorrelato. A idade encontrada foi de 36,7 ± 10 anos, sendo que 72,64 % eram do sexo feminino e 27,35% eram do sexo masculino. Entre os funcionários, 49,52% estão com sobrepeso, 28,29% são obesos e 79,22% apresentam obesidade central. Em relação ao autorrelato foi encontrado que 29,87%, 7,79%, 22,07% e 84,14 apresentaram ter HAS, DM, Dislipidemia e queixa de dores musculoesqueléticas respectivamente.

Conclusão:
Pelo o estudo realizado entre os funcionários do HRTN através do projeto Saúde do Trabalhador verificou-se que a maioria era do sexo feminino, adultas, apresentando um elevado IMC, com altas prevalências de obesidade central e queixas de dores musculoesqueléticas.

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.