Prevalência de Sobrepeso e Obesidade em Escolares com Idade de 7 a 17 Anos, Residentes nos Municípios Pertencentes à Secretaria de Desenvolvimento Regional de São Miguel do Oeste/sc

Por: Ana Paula Trentin, Andréa Jaqueline Prates Ribeiro, Cassiane Zappani, Sandra Fachineto e Sandro Claro Pedrozo.

Conexões - v.11 - n.1 - 2013

Send to Kindle


Resumo

O objetivo deste estudo foi verificar prevalência de sobrepeso e obesidade em escolares de 7 a 17 anos, residentes nos municípios pertencentes a Secretaria de Desenvolvimento Regional (SDR) de São Miguel do Oeste/SC. Participaram do presente estudo 1.728 escolares, sendo 902 do gênero masculino e 826 do feminino. O IMC foi calculado e classificado conforme o procedimento utilizado pelo PROESP-BR. A análise de freqüência foi utilizada para verificar a distribuição de sobrepeso e obesidade e o teste do qui-quadrado para atestar as diferenças entre os valores percentuais (%) no que diz respeito ao gênero, município e IMC. O nível de significância adotado foi P≤0,05. Dos 1.728 escolares, constatou-se sobrepeso em 351 (20,3%) e obesidade em 91 (5,3%). Ao comparar os gêneros, verificou-se que a prevalência de sobrepeso foi maior no gênero masculino do que no feminino, principalmente nos municípios de Belmonte/SC (P=0,021), Descanso/SC (P=0,010) e São Miguel do Oeste/SC (P=0,009). Em relação à obesidade, não foram observadas diferenças significativas entre os sexos. Dessa forma, conclui-se que em ambos os gêneros, a prevalência de sobrepeso e obesidade em escolares de 7 a 17 anos, residentes nos municípios pertencentes a SDR de São Miguel do Oeste/SC, é considerada alta, pois atinge uma fração de 24,8% da população feminina e 26,4% da masculina.

Endereço: http://fefnet178.fef.unicamp.br/ojs/index.php/fef/article/view/717

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.