Prevalência de Transtornos Alimentares Entre Homens e Mulheres com Sintomas de Dependência de Exercícios: Um Estudo na População de Não Atletas

Por: Aliane Ramalho da Silva, Amarilis Dias da Silva, Daniel Alves Rosa, Elaine Fernanda da Silva e Gustavo Rodrigues Pedrino.

Revista Brasileira de Ciências do Esporte - v.35 - n.3 - 2013

Send to Kindle


Resumo

O presente estudo buscou descrever a prevalência da Dependência de Exercícios Secundário (DESc, ou seja, atitudes alimentares de risco associadas com sintomas de dependência de exercícios) entre homens e mulheres em uma população não-atleta. Neste trabalho, 174 praticantes regulares de exercícios físicos, entre 18 e 62 anos, quando abor- dados responderam à Escala de Dependência de Exercícios (EDE) e ao Eating Attitudes Test (EAT-26). Houve mais mulheres do que homens com DESc. Contudo, somente os homens apresentaram sintomas de dependência de exercícios com ausência de atitudes alimentares de risco. Os transtornos alimentares podem ou não ocorrer entre não-atletas dependentes de exercícios físicos, embora haja uma maior prevalência de DESc entre as mulheres.
 
 

Endereço: http://rbceonline.org.br/revista/index.php/RBCE/article/view/1453

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.