Problemas Evidenciados na Operacionalização das 400 Horas de Estágio Curricular Supervisionado

Por: Fabiana Celente Montiel e Flávio Medeiros Pereira.

Revista da Educação Física - UEM - v.22 - n.3 - 2011

Send to Kindle


Resumo

Este trabalho faz parte de uma pesquisa sobre o impacto das 400 horas de estágio curricular supervisionado (ECS) nos cursos de formação de professores em Educação Física (EF) do RS. Com base nas alterações estabelecidas pela Resolução CNE/CP 02/2002, buscamos identificar os problemas evidenciados no desenvolvimento do ECS de 400 horas e verificar se os coordenadores de curso e professores orientadores de estágio consideraram positivas ou negativas as mudanças. O estudo foi realizado com os coordenadores de curso e professores orientadores de estágio de quinze cursos de EF do RS, sendo um de cada instituição de Ensino Superior (IES). Encontramos como principais problemas o número de estudantes em situação de ECS nas escolas, dificultando o acompanhamento destes, assim como a falta de parceria entre a escola e a IES. De modo geral, os sujeitos investigados consideraram positivas as mudanças, evidenciando uma melhor formação pedagógica.

Endereço: http://periodicos.uem.br/ojs/index.php/RevEducFis/article/view/10391/7768

Comentários


:-)





© 1996-2020 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.