Procedimento de Ensino do Tenis de Campo Para Portadores da Sindrome de Down

Por: Maria Teresa Krähenbühl Leitão.

1998 16/11/1998

Send to Kindle


Resumo

Após verificarmos a não existência de dados sobre os procedimentos de ensino do tênis de campo para portadores de comprometimento mental, pensamos na hipótese de um trabalho específico com alunos portadores da Síndrome de Down. O objetivo desta pesquisa foi proporcionar a aprendizagem desta modalidade através de procedimentos adequados e adaptados, respeitando as características individuais dessa população. Participam desta pesquisa 8 sujeitos cujas idades variam entre 9 e 15 anos, divididos em grupos de acordo com seu grau de desenvolvimento e faixa etária, tendo aulas uma vez por semana, com duração de 45 minutos cada. Como procedimento metodológico utilizamos a análise de tarefas, as observações assistemática e participativa, bem como filmagens, fotos e diário de campo, tendo em vista subsídios que complementem a avaliação do trabalho. Podemos concluir, após a sugestão dos procedimentos, que os alunos podem aprender os fundamentos básicos da modalidade, bem como apresentar melhoras em alguns itens relativos ao comportamento adaptativo tais como, autonomia, aptidões sociais, participação comunitária, saúde e segurança e o lazer. A partir deste estudo, novos procedimentos poderão ser investigados, visando favorecer a aprendizagem desta modalidade ainda pouco acessível às minorias 

Endereço: http://www.bibliotecadigital.unicamp.br/document/?code=vtls000183340&opt=1

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.