Procedimentos Lúdicos e Cultura

Por: Carmen Maria Aguiar.

Motriz - v.5 - n.1 - 1999

Send to Kindle


Resumo

O objetivo deste trabalho é refletir sobre o procedimento lúdico presente no processo de transmissão de conhecimentos e de socialização em uma comunidade específica. Em grande parte responsável pela sobrevivência dos membros e manutenção da cultura da comunidade, esse processo já atravessa algumas gerações e tem como âncora os afazeres cotidianos. Permeando esses afazeres, existe uma atitude descontraída, um espaço aberto para diferentes brincadeiras e algazarras, que convivem com as atividades sem prejudicar seus objetivos. O que parece ser sério pode tomar dimensões ‘lúdicas’, como se pudessem se entreter constantemente durante suas atividades diárias. Isto não significa, entretanto, que a ‘postura lúdica’ traduza uma intenção, ou uma estratégia pedagógica dos adultos para transmitir conhecimentos aos mais jovens. As brincadeiras, na verdade, retratam uma forte característica do espírito desse grupo e, desvinculadas ou associadas a seus afazeres, servem de canal privilegiado para importantes ensinamentos, além de amenizar e compartilhar a dureza que acompanha o seu dia-a-dia. Os laços culturais são também reforçados por festejos e danças. É justamente nessa dinâmica das relações sociais que as crianças aprendem papéis, lugares e valores sociais. Aprender o que e quando dizer ou ocultar. Vão aprendendo tanto esquemas de sobrevivência quanto esquemas interpretativos da realidade em que estão inseridos.

Endereço: http://www.rc.unesp.br/ib/efisica/motriz/05n1/5n1_ART07.pdf

Tags: ,

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.