Processo de Formação de Animadores Socioculturais em Projetos de Educação Fora do Ambiente Escolar

Por: , Paula Leite Antunes de Macedo e Tânia Mara Vieira Sampaio.

Licere - v.21 - n.2 - 2018

Send to Kindle


Resumo

A educação em projetos fora do ambiente escolar é uma possibilidade no processo de ensino-aprendizagem. Os objetivos deste trabalho foram verificar se o lazer, vivenciado por meio de um projeto dessa natureza, pode promover um processo de educação e identificar a percepção de 5 futuros animadores socioculturais sobre lazer, educação e a relação entre ambos. Os resultados obtidos indicam que o lazer contribui para a formação dos participantes do projeto por meio da educação para e pelo lazer. Os futuros animadores socioculturais apresentam vontade e percepção positiva quanto à utilização do aspecto educacional do lazer e de seus benefícios, e acreditam que a vivência contribuirá na formação pessoal, social e curricular dos alunos. Conclui-se que há a necessidade de formação continuada e de atenção especial dos monitores com o próprio lazer, e da instituição de uma equipe multidisciplinar para atuar na área. 

Endereço: https://seer.ufmg.br/index.php/licere/article/view/11529

Comentários


:-)





© 1996-2018 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.