Processos de Formação e Práticas Docentes na Constituição Histórica da Educação Física Escolar no Espírito Santo, nas Décadas de 1930 e 1940

Por: Tatiana Borel.

182 páginas. 2012 31/05/2012

Send to Kindle


Resumo

O estudo analisa a constituição da Educação Física Escolar no Espírito Santo, nas décadas de 1930 e 1940. Utiliza, como marcos temporais, a criação do Departamento de Educação Física do Espírito Santo, ocorrida em 1931, e os processos que envolvem a Educação Física Escolar no Espírito Santo, durante a Era Vargas (1930-1945). Examina as ideias que circulavam no Curso de Formação da Escola de Educação Física do Espírito Santo, criada em 1934, bem como suas relações com a prática desenvolvida pelos egressos dessa instituição nas escolas capixabas, evidenciando a Educação Física desenvolvida no Ginásio do Espírito Santo e no Jardim de Infância Ernestina Pessôa, estabelecimentos de ensino de grande importância no Estado, no período analisado. Utiliza, como fontes: relatórios da Escola de Educação Física e da Inspetoria, recortes de jornais diversos, artigos publicados na Revista da Educação (1934 -1937) e na Revista de Educação Física (do Exército 1933-1941), pautas dos professores, relatos de sujeitos que vivenciaram a Educação Física Escolar, regulamentos e documentos diversos que indiciam o modo como se constituía a Educação Física capixaba no período analisado. Descreve um panorama histórico a respeito dos aspectos que tangenciaram a formação de professores de Educação Física e as práticas desenvolvidas por eles nas escolas capixabas. As proposições de Carlo Ginzburg e Marc Bloch permitiram analisar a diversidade de fontes encontradas. Dentre os aspectos analisados estão: os espaços reservados à prática, as diretrizes e as orientações para o ensino, a criação e a atuação de agremiações esportivas, professores que se destacaram nessa área no Estado, dentre outros. As discussões finais indicam que a formação de professores de Educação Física no Espírito Santo, apesar de ter passado por algumas dificuldades estruturais, se destacou em âmbito nacional, servindo de modelo para outros Estados do Brasil. A Educação Física nas escolas capixabas, mesmo com as situações mais adversas, era desenvolvida e constantemente destacada nos meios de comunicação, como revistas e jornais locais

Endereço: http://repositorio.ufes.br/handle/10/6024

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2020 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.