Produção Científica Sobre Futebol

Por: Alex Christiano Barreto Fensterseifer.

281 páginas. 2016 04/11/2016

Send to Kindle


Resumo

A tese investiga e analisa o estado do conhecimento das dissertações e teses produzidas no Brasil sobre o futebol, disponíveis no banco de teses da CAPES de 1987 a 2014. A revisão de literatura abrange aspectos relacionados a ciência e produção do conhecimento; interdisciplinaridade e comunidades de prática. O estudo é qualiquantitativo, descritivo exploratório e teórico-bibliográfico. A análise dos dados é dividida em duas etapas: primeiro uma análise com princípios bibliométricos das temáticas, áreas do conhecimento, universidades, orientadores, pesquisadores, gênero, nível de qualificação, ano de defesa e palavras-chave; na segunda etapa, análise qualiquantitativa dos 1258 resumos das dissertações e teses, investigando seus objetivos, métodos e resultados. Os resultados mostram: nenhuma tese ou dissertação sobre análise da produção do conhecimento do futebol no banco de teses da CAPES; crescimento da produção científica sobre o futebol; o futebol é investigado pelas 9 grandes áreas e por 84 áreas do conhecimento; concentração dos estudos nas regiões Sudeste e Sul; no estado de São Paulo; na USP e UNICAMP e, no estado do Rio Grande do Sul na UFRGS; 72,6% em universidades públicas; 82% nível de mestrado; a maior frequência dos estudos é sobre torcidas organizadas e Copa do Mundo; e o método de abordagem predominante é 64% qualitativo. Os resultados indicam ainda que 82,8% das pesquisas se concentram nas Ciências da Saúde, Humanas e Sociais Aplicadas; nas áreas de Educação Física, História, Comunicação, Administração, Sociologia, Psicologia, Educação e Letras. Na síntese das pesquisas, as Ciências Agrárias investigaram sobre suplementação e qualidade dos gramados; nas Biológicas, perfil antropométrico, gasto energético, parâmetros bioquímicos e fisiológicos; nas Exatas e da Terra, probabilidade nas competições, rastreamento de partidas; nas Engenharia, estruturas dos estádios, gestão de clubes e previsões de resultados de jogos; na Multidisciplinar, torcidas organizadas, históricos e Copas do Mundo; na Linguística, Letras e Artes, análise das obras de jornalistas, dicionários e discurso do futebol; na Saúde, treinamento e lesões; nas Sociais Aplicadas, clubes, marketing, contrato de trabalho; nas Humanas, identidade, educação, violência, religião e índios; e na Educação Física, estresse, o chute, mulheres, capacidades físicas e gestão nas categorias de base. Nas análises gerais o futebol produziu um conhecimento científico robusto, com certa desconexão do campo científico, recorrência e fragmentação. A tese propõe uma produção interdisciplinar do conhecimento sobre futebol com um projeto coletivo, com integração das áreas, com novos conceitos, com diálogo, outra visão de construção do conhecimento; através das comunidades de práticas com compartilhamento, construindo relações, com engajamento e aprendizagem conjunta.

Endereço: https://repositorio.ufsc.br/xmlui/handle/123456789/174889

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2020 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.