Produção de Conhecimento e Formação em Psicologia do Esporte no Amazonas

Por: , Ewerton Helder Bentes de Castro e Matheus Vasconcelos Torres.

Motrivivência - v.32 - n.61 - 2020

Send to Kindle


Resumo

O presente estudo insere-se no âmbito da psicologia do esporte, especialidade e campo de atuação da psicologia. Considerando a interface entre as demais ciências do esporte, especialmente a educação física, buscou-se compreender a formação e a produção cientifica em psicologia do esporte no Amazonas. Mapeou-se possíveis produções, além de cursos credenciados de psicologia e educação física, suas respectivas estruturas curriculares visando identificar a inserção dessa área como disciplina, além de grupos e linhas de pesquisa. De modo geral os resultados apontam um contexto científico não consolidado com oferta de disciplinas de psicologia do esporte no bacharelado das formações em psicologia e educação física. Destaca-se o recente crescimento das monografias abordando a temática e a não divulgação dos resultados das pesquisas como uma problemática a ser enfrentada. Sugere-se a criação de alternativas no contexto acadêmico visando fomentar a divulgação das produções, assim como a relevante discussão sobre o campo da psicologia do esporte na formação acadêmica.

Referências

ANDRADE, Alexandre et al. Psicologia do esporte no Brasil: Revisão em periódicos da psicologia. Psicologia em Estudo, v. 20, n.2, 2015.

AZEVEDO, Ângela Celeste Barreto de; MALINA, André. Memória do currículo de formação profissional em educação física no Brasil. Revista Brasileira de Ciências do Esporte, v. 25, n. 2, 2004.

CAPES. Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Documento de Avaliação da Área de Psicologia. Brasil, Governo Federal: Coordenação de Antonio Virgílio Bittencourt Bastos, 2016a.

CAPES. Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Documento de Avaliação da Área de Educação Física. Brasil, Governo Federal: Coordenação de André Luiz Felix Rodcki, 2016b.

CARVALHO, Cristianne Almeida. JACÓ-VILELA, Ana Maria. Psicologia do esporte no Brasil em dois tempos: Uma história contada e uma história a ser contada. Anais do XV Encontro Nacional da ABRAPSO, p. 1-7, 2009. Disponível em http://abrapso.org.br/siteprincipal/index.php?option=com_content&task=blogsection&id=18&Itemid=92. Acesso em: 12 nov. 2018.

CARVALHO, Cristianne Almeida. Psicologia do Esporte: Construindo sua história a partir da educação física: Revista Brasileira de Psicologia do Esporte, v.8, n.1, 2016.

CARVALHO, Cristianne Almeida. A psicologia como ciência do esporte e do exercício no Brasil. In Erick Conde et al. (Orgs.) Psicologia do Esporte e do Exercício: Modelos teóricos, pesquisa e intervenção. 1. ed. – São Paulo: Pasavento, 2019.

DEBIEN, Paula Barreiros et al. O estresse na arbitragem de ginástica rítmica: uma revisão sistemática. Journal of Physical Education, vol. 25, n3, 2014.

FERREIRA, Carolina Fernandes. Re-Descobrindo Ser-Si-Mesmo. A existencialidade de mulher praticantes de pole dance. Dissertação (Mestrado em psicologia), 80 folhas. Programa de Pós-Graduação em Psicologia, Universidade Federal do Amazonas – UFAM, Manaus, 2015.

GAERTNER, Gilberto. Psicologia e Ciências do Esporte. Curitiba, Brasil: Juruá, 2007.

LIMA, Luciana Tabarini. RUBIO, Katia. O atleta e a experiência de hospitalização. Revista Brasileira de Psicologia do Esporte, v.6, n.3, 2017.

LOPES, Jaíza Gomes Duarte, et al. Pobreza multidimensional: Uma aplicação à região norte do Brasil. Dissertação de Mestrado. Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, 2015.

MEDEIROS, Clarice. Lesão e dor no atleta de alto rendimento: O desafio do trabalho da psicologia do esporte. Psicologia Revista, v.25, n.2, 2016.

NETO, Amarílio Ferreira. A pedagogia no exército e na escola: A Educação Física (1920-1945). Motrivivência, n. 13, p. 35-62, 1999.

RUBIO, Kátia. A psicologia do esporte. Histórico e áreas de atuação e pesquisa. Psicologia: Ciência e Profissão. v.19, n.3, 1999.

RUBIO, Kátia. Da psicologia do esporte que temos à psicologia do esporte que queremos. Revista Brasileira de Psicologia do Esporte, v.1, n.1, 2007.

SALVADOR, Simone. et al. Análise da produção científica em psicologia do esporte. Revista Iberoamericana de psicologia del ejercicio y el deporte, v.2, n.1, 2007.

SILVA, Andressa Melina Becker da. et al. Instrumentos aplicados em estudos brasileiros de psicologia do esporte. Estudos interdisciplinares em psicologia, v.5, n.2, 2014.

SIMÕES, Antonio Carlos. Mulher & esporte. Editora Manole Ltda, 2002.

SIQUEIRA, Thomas Décio Abdalla. VIEIRA, Raquel Siqueira de Carvalho. Desmotivation and leavin early. A study in a population of adolescent female swimming in Manaus. Revista de psicologia da IMED, v.5, n.2, p.121-125, 2013.

SOUSA, Marta Aparecida Magalhães. Um olhar para os árbitros de futebol. Revista Brasileira de Psicologia do Esporte, v. 6, n. 1, 2016.

TORRES, Matheus Vasconcelos. CASTRO. Ewerton Helder Bentes de. Ser-mulher-praticante de futsal: compreendendo o mundo vivido sob a ótica da fenomenologia. In: Ewerton Helder Bentes de Castro (org.) Fenomenologia e Psicologia: As teorias e práticas de pesquisa. 1.ed. Curitiba: Appris, v.1, p. 139-150, 2017.

TOURINHO, Emannuel Zagury. BASTOS, Antonio Virgilio Bittencort. Desafios da pós-graduação em psicologia no Brasil. Psicologia: Reflexão e Crítica, v.23, n.1, 2010.

VARGAS, Maricelly Gómez; HIGUITA, Catalina Galeano; MUÑOZ, Dumar Andrey Jaramillo. El estado del arte: una metodología de investigación. Revista Colombiana de Ciencias Sociales, v. 6, n. 2, p. 423, 2015.

VIEIRA, Lenamar Fiorese. et al. Psicologia do esporte: Uma área emergente da psicologia. Psicologia em estudo, v.15, n.2, 2010.

VIEIRA, Lenamar Fiorese. JUNIOR, José Roberto Andrade do Nascimento. VIEIRA, José Luiz Lopes. O estado da arte da pesquisa em psicologia do esporte no Brasil. Revista de Psicología del deporte, v.22, n.2, 2013.

VILARINO, Guilherme Torres. et al. Análise dos grupos de pesquisa em psicologia do esporte e do exercício no Brasil. Revista Brasileira de Ciências do Esporte, v.39, n.4, 371-379, 2017.

Endereço: https://periodicos.ufsc.br/index.php/motrivivencia/article/view/2175-8042.2020e60192

Comentários


:-)





© 1996-2020 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.