Programa de Educação Tutorial no Curso de Educação Física da Ufms: Primeiros Resultados

Por: Jarina Gomes Gabilan.

60 Reunião Anual da SBPC

Send to Kindle


INTRODUÇÃO:

O Programa de Educação Tutorial (PET) iniciado em 1979, oferecido pelo Governo Federal, é desenvolvido por grupos de estudantes do Ensino Superior, sob a tutoria de um docente. O grupo é orientado a desenvolver atividades de ensino, pesquisa e extensão. A criação do PET Educação Física na UFMS (PET-EF/UFMS) em junho de 2006 foi inspirada no fato de que o curso não possuía uma cultura histórica de envolver os alunos em projetos baseados nos três pilares do Ensino Superior, tampouco encaminhá-los para cursos de Mestrado e Doutorado. Deste modo, verificou-se que a presença do PET seria um incentivo a qualificação de docentes e acadêmicos, como também serviria como mola propulsora para a formação de um Grupo sólido nos princípios da indissociabilidade de ensino, pesquisa e extensão.

Os acadêmicos são favorecidos pelas atividades do PET ao reforçar o compromisso do curso com a interdisciplinaridade e a responsabilidade social de suas ações; o incentivo à formação continuada e qualificação profissional e a possibilidade de organizar eventos vinculados à área. Com a sua implantação, o PET-EF/UFMS em suas atividades objetiva promover e elevar a qualidade do curso, colaborar para a formação plena dos acadêmicos da graduação e membros do PET-EF/UFMS.


 METODOLOGIA:

No planejamento do PET-EF/UFMS de 2007 foi escolhida a "atividade física" como tema norteador de suas atividades ensino, extensão e pesquisa. Estas atividades foram desenvolvidas de fevereiro a dezembro de 2007 pelos alunos selecionados para participar do PET-EF/UFMS. Para desenvolver tal temática foram oferecidas como atividades de ensino: cursos, mesas-redondas e palestras abertas para toda comunidade universitária (preferencialmente), cujo objetivo era o de fortalecer o curso de graduação. Como atividades de extensão, as quais eram voltadas a incentivar a prática de atividade física pela comunidade interna e externa, foram oferecidas ginásticas, danças, esportes e musculação. Quanto às atividades de pesquisa foram realizados seminários de pesquisa, relatos de participação em eventos científicos, elaboração de artigos científicos e desenvolvimento das pesquisas coletivas e individuais.


 RESULTADOS:

Dentre as várias atividades de ensino que o PET-EF/UFMS ofereceu, estão palestras sobre as Normas da ABNT e Motivação na Prática Pedagógica, cursos "Cultura e Educação Física" e "Introdução aos conceitos de Informática: Word Acadêmico" e mesas-redondas com temáticas variadas, entre elas "Formação de Professores" e "Corpo e Gênero". Na extensão, o PET-EF/UFMS organizou e executou os Jogos Universitários Intercampi da UFMS, o qual reúne atletas das oito unidades da UFMS no Estado de Mato Grosso do Sul; as Recepções de Calouros de todos os cursos da Cidade Universitária; promoveu reabertura e administrou a Sala de Musculação do Departamento de Educação Física, a qual estava há mais de cinco anos desativada; ofereceu aulas de dança de salão, dança do ventre, voleibol, futsal, natação e atividades recreativas em escolas, creches, asilos, empresas e associações. As atividades de extensão desenvolvem meios de se colocar em prática o conhecimento teórico aprendido na graduação e possibilita o desenvolvimento de pesquisas, práticas de ensino e outros. Além das pesquisas individuais, na qual cada aluno escolhe a temática, o PET-EF desenvolve uma coletiva que tem o objetivo elaborar o Atlas do Esporte e Lazer de Mato Grosso do Sul, com base na geotecnologia.


 CONCLUSÕES:

Desde a implantação do PET-EF/UFMS o perfil dos alunos do curso, em especial dos envolvidos diretamente no Programa, assim como do Departamento foi alterado. Hoje o Departamento tem maior visibilidade junto aos órgãos internos da IES e à sociedade, assim como os alunos passaram a se envolver em atividades de ensino, pesquisa e extensão que são oportunidades de formação profissional. O que se observa é que o PET-EF/UFMS tem ajudado na questão social, ao desenvolver a percepção das necessidades da população com a qual se trabalha, propondo a melhora da criticidade e do compromisso voltado para o crescimento profissional. O PET, no curso de Educação Física da UFMS, abriu novas portas para o conhecimento e desenvolvimento de idéias, para a busca incessante de novos caminhos e a possibilidade efetiva de por em prática o que se aprende, passando essas informações a outros interessados. Em suma, o Programa de Educação Tutorial é capaz de alterar uma realidade, que supostamente estava consolidada, ao promover atividades e requerer aos docentes o compromisso pela qualidade das mesmas e, por conseqüência, melhorar a educação superior brasileira.

Comentários


:-)





© 1996-2020 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.