Programa Perceptivo-motor Aplicado a Habilidade Nadar na Fase de Aperfeiçoamento

Por: Carlos Alexandre Felício Brito.

2000 30/06/2000

Send to Kindle


Resumo

A sensação e percepção na habilidade nadar é entendida pela expressão "sensação para a água" oufeelfor the water (Counsilman, 1980; Maglislho, 1982; Sharp, 1982; Coyle, 1984; Costill, 1985; Neufer, 1987; Navaro, 1990 e Maglislho, 1993). Este estudo teve como objetivo verificar a contribuição que um programa perceptivomotor pode oferecer à habilidade nadar e, desta forma, propor uma estratégia de trabalho na fase de aperfeiçoamento, que leve o indivíduo a utilizar seus segmentos com economia de movimento. Os sujeitos analisados foram de 13 à 15 anos em ambos os gêneros na fase de aperfeiçoamento. Dividiu-se da seguinte forma: Grupo de Aplicação (GA,. n=22) onde objetivou-se o trabalho proprioceptivo (Schmidt, 1993) e um Grupo Controle (GC, n 16) em ambos os gêneros. Utilizou-se a análise estatística descritiva e o teste "t" Student' s pareado e não pareado, adotando-se o nível de significância de p < 0,05. Ao final do programa verificou-se que a Amplitude (Am) evoluiu cerca de 3,08%, Velocidade máxima (V) em 2,94% e o Índice de Braçadas (LB.) em 5,97% no gênero feminino do Grupo de Aplicação (GA). No gênero masculirio do GA foi observado um aumento de 5,56% na Am e na V de 7,77% e LB. em 13,160/0. No gênero feminino do Grupo Controle (GC) houve um aumento na V em 12,22%, porém uma piora de 5% na a Am e redução de 3,75% no LB. No gênero masculino no GC a V aumentou 2,04%, a Am diminuiu cerca de 12,16% e o LB. cerca de 10,81%. Após análise dos resultados verificamos uma tendência na contribuição do programa perceptivo-motor aplicado à peiformance dos nadadores. Os resultados observados na variável do comportamento biomecânico parecem indicar aprovação da aplicação da proposta, mesmo não tendo diferenças significantes estatisticamente. Portanto, acreditamos que este trabalho monográfico tenha colaborado para melhor direcionamento de uma pedagogia aplicada à aprendizagem da natação. Recomendamos assim a adoção do programa perceptivomotor aplicado à habilidade nadar, na fase de aperfeiçoamento, utilizando estratégias cinestésicas com materiais auxiliares (luvas de látex e vaselina).

Endereço: http://www.bibliotecadigital.unicamp.br/document/?code=vtls000206248&opt=1

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2020 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.