Programas de Suporte à Carreira de Atletas no Esporte de Alto Rendimento

Por: Rosiane Raduan Alexandrino.

117 páginas. 2019 18/02/2019

Send to Kindle


Resumo

O grande interesse dos países em atingir o sucesso esportivo vem aumentando cada vez mais o número de pesquisas em torno desse tema. O termo 'sucesso' está relacionado principalmente ao desempenho dos atletas em competições internacionais. Um dos fatores fundamentais que pode contribuir para os atletas alcançarem o sucesso no ambiente esportivo e atingir uma carreira profissional com excelência é o apoio recebido durante sua trajetória no esporte, especialmente nas primeiras fases da carreira. Entretanto, há pouca informação sobre o tema no Brasil. Levando em consideração este contexto, o objetivo desta pesquisa foi compreender como se dá o processo de suporte à carreira do atleta nos clubes formadores brasileiros. O estudo se caracteriza como uma pesquisa descritiva e de abordagem predominantemente quantitativa utilizando-se da estatística descritiva. Foram selecionados 83 clubes formadores relacionados no diagnóstico de clubes do Comitê Brasileiro de Clubes que responderam um questionário composto por cinco seções: Caracterização das principais modalidades desenvolvidas no clube; Caracterização do programa estruturado de suporte presente no clube para seus atletas; Avaliação da adequação das condições de oferecimento dos serviços do programa aos atletas; Avaliação do clube em relação à sua atuação no desenvolvimento de carreira do atleta, e Caracterização dos sujeitos. Os sujeitos da pesquisa foram gestores do departamento de esporte dos clubes selecionados. Os resultados obtidos de 17 clubes respondentes mostraram que não há um programa estruturado que atenda todas as necessidades dos atletas na fase de desenvolvimento. Apesar de todos os respondentes serem formados na área de Educação Física, ainda existem algumas dificuldades enfrentadas por eles para desenvolverem os programas nos clubes. Os principais recursos disponibilizados aos atletas são aqueles de suporte técnico, referentes ao treinamento, como preparação física e fisioterapia. Em contrapartida, os suportes extras, aqueles que são aliados ao treinamento, ainda não estão presentes de maneira satisfatória para os atletas. Entre eles, a assessoria de carreira, planejamento e orientação profissional, psicologia e apoio na educação obtiveram as piores classificações. As participações em competições internacionais, essenciais para estimular o nível competitivo dos atletas, ficaram aquém do desejado, três de 16 modalidades afirmaram participar. Em relação às principais dificuldades enfrentadas pelos clubes para desenvolver programas de suporte à carreira estão os recursos financeiros. Os respondentes admitem altos custos para manter uma categoria competitiva e, paralelamente, oferecer os serviços de suporte aos atletas nos diferentes estágios da carreira. A análise dos resultados sugere que em termos de constituição, não é possível verificar a existência de um programa sistematizado nos clubes formadores de atletas no Brasil. Além disso, é necessário mudar a cultura imediatista da nossa realidade e alocar recursos de maneira estratégica. Limitações e sugestões são apontadas para enriquecer o tema e contemplar pontos não explorados nessa pesquisa
 

Endereço: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/39/39136/tde-29042019-124143/pt-br.php

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.