Programas Supervisionados de Atividades Físicas Estão Associados a Maior Nível de Atividade Física Comparados com Não Supervisionados

Por: Sebastião Gobb.

Revista Brasileira Atividade Física & Saúde - v.12 - n.1 - 2007

Send to Kindle


Resumo

Objetivo: O objetivo do presente estudo foi analisar a nfluência do programa de atividade física estruturado e supervisionado (PAFS) sobre o nível de atividade física NAF), em mulheres idosas. Método: A amostra foi composta por 60 voluntárias com idade entre 50 e 70 anos (média e 1,05 ± 6,21 anos), sendo que 30 delas participavam do Programa de Atividade Física para a Terceira Idade PROFIT), e, portanto um programa estruturado e upervisionado desenvolvido na UNESP - Rio Claro, SP (Grupo upervisionado - GS). As outras 30 não participavam de rograma de atividade física supervisionado (Grupo Não Supervisionado - GNS). Foi utilizado o Questionário de aecke Modificado para Idosos (QBMI) para avaliação do nível de tividade física. Resultados: Os dados, analisados por meio da estatística descritiva e a comparação de édias pelo teste "t" de Student, mostraram que os níveis gerais de atividade física (GS=12,73 ± 5,00; GNS=7,48 ± ,75) foram significativamente diferentes (p<0,05). Conclusão: Conclui-se que idosas participantes de PAFS presentam maiores níveis de atividade física que não participantes de tais programas. Assim, apenas as hamadas atividades domésticas e de tempo livre não são suficientes para propiciar um NAF similar ao obtido com articipação em PAFS.

Endereço: http://www.sbafs.org.br/_artigos/11.pdf

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.