Projeto Esporte Adaptado: Superando Limites Através da Natação

Por: Cleyton Gomes de Paula e Kele Ferreira Pedroza.

XIV Congresso de Educação Física e Ciências do Desporto dos Países de Língua Portuguesa

Send to Kindle


Resumo

Objetivo:
Descrever as contribuições da natação na vida de pessoas com deficiências participantes do Projeto Esporte Adaptado.

Métodos e resultados:
Fizeram parte desta pesquisa foram escolhidos dez participantes do Projeto Esporte Adaptado da Universidade Estadual Vale do Acaraú - UVA, que praticam a modalidade natação por um período superior a seis meses e considerados legalmente capazes. “O Projeto possibilita ao graduando do Curso de Educação Física o ganho de conhecimentos teóricos e práticos (...), preparação para atuação neste campo de conhecimento da Educação Física e desenvolvimento de pesquisas nesta linha de atuação”. (DE PAULA, 2007, p. 49). As atividades do Projeto Esporte Adaptado são realizadas de segunda a sextafeira, sendo a musculação, o atletismo e a natação. Realizou-se entrevista individual, onde os participantes responderam às perguntas direcionadas a sua participação na prática da natação. Para a obtenção dos resultados foi analisado o discurso de cada indivíduo, estabelecendo-se categorias através das respostas mais recorrentes dos participantes entrevistados, tendo como embasamento teórico as referências de autores (GREGUOL, 2010; GREGUOL et al., 2011; ABRANTES et al., 2006; BURKHARDT; ESCOBAR, 1985), os quais discorrem sobre o assunto abordado. Os resultados indicaram que os exercícios na água são um meio facilitador da prática de exercícios físicos e proporcionam benefícios às pessoas com deficiências, não apenas para sua saúde física, mas também para uma melhor qualidade de vida dessas pessoas.

Conclusão:
A prática da Natação Adaptada e as propriedades físicas da água influenciam no desenvolvimento das pessoas com deficiência, tanto no aspecto fisiológico quanto psicológico, propiciando ao atleta o desenvolvimento de habilidades motoras e funcionais que irão contribuir para a melhor realização das atividades da vida diária, melhoria e desenvolvimento do membro afetado, eliminação do receio de mostrar o próprio corpo, estímulo à independência, autonomia e socialização com outros grupos. Assim o envolvimento de pessoas com deficiências com a natação trará benefícios não só para a sua melhoria física como também para seu estado emocional, auxiliando assim no enfrentamento das barreiras pessoais e contribuindo para uma melhoria na qualidade de vida dessas pessoas.

Tags:

Comentários


:-)





© 1996-2020 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.