Promoção da Saúde, Práticas Corporais e Iniquidades em Saúde: Análise da Implementação dos Módulos da Academia Popular da Pessoa Idosa no Contexto de Vitória

Por: Kleidiana Cássia Borges Silva, e Vinnicius Camargo de Souza Laurindo.

XVIII Congresso Brasileiro de Ciências do Esporte e V Conice - CONBRACE

Send to Kindle


Resumo

A presente investigação pretende investir no tema da iniquidade/equidade social e da promoção da saúde, procurando relacioná-los a dimensão das práticas corporais. Buscamos identificar se existem associações entre uma iniciativa pública de fomento as práticas corporais (Academia Popular da Pessoa Idosa - APPI) e os índices, de qualidade urbana e de envelhecimento, de sujeitos residentes em diferentes regiões da cidade de Vitória-ES. Os territórios com infraestrutura insipiente, apesar das poucas opções de lazer, ainda não recebem uma atenção adequada do programa supracitado (APPI), provocando ainda mais um distanciamento entre as diferentes realidades locais. A implementação do projeto da Academia Popular da Pessoa Idosa em Vitória não tem respeitado a premissa da equidade. Como tal, o IQU e o Índice de Envelhecimento, apesar de serem instrumentos basilares de informações a respeito da realidade local, não têm sido adequadamente utilizados para que se realize uma distribuição equitativa dos módulos da APPI.

Endereço: http://cbce.tempsite.ws/congressos/index.php/conbrace2013/5conice/paper/view/5158

Tags: ,

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.