Proposição e Validação de Modelos Matemáticos Regressivos Para Estimativa da Força Dinâmica Máxima a Partir de Variáveis Preditivas Neuromusculares

Por: João Augusto Reis de Moura e João Luiz Zinn.

Revista Brasileira de Cineantropometria & Desempenho Humano - v.4 - n.1 - 2002

Send to Kindle


Resumo

Neste estudo buscou-se propor e validar modelos matemáticos para estimativa da Força Dinâmica Máxima (FDM) a partir de variáveis preditivas neuromusculares, e verificar se estes são sustentados através de um processo estatístico de validação cruzada. Para tal selecionou-se uma amostra composta por 75 mulheres na faixa etária 18 a 30 anos, todas familiarizadas com Exercícios Resistidos com Pesos (ERP). A amostra foi seccionada em dois grupos: grupo I (n=55) utilizado no processo estatístico de proposição dos modelos matemáticos, e grupo II (n=20) utilizado para o processo de validação destes modelos. As variáveis independentes foram as neuromusculares Repetições Máximas (RMs) realizadas nos exercícios Puxada Frontal (PF) e Flexão de Joelhos (FJ). A variável dependente foi a FDM mensurada em 10 aparelhos de ERP através do teste de 1RM, protocolo de Moura et al. (1997). Utilizou-se da Análise de Regressão Múltipla para proposição dos modelos matemáticos, e para verifi car se estes seriam sustentados, utilizou-se o processo de validação cruzada (Lohman, 1992) com significância de p<0,05. Foram propostos 10 modelos matemáticos regressivos baseados em duas variáveis preditivas (RMs), todos altamente signifi cativos (p<0,0001). Contudo, no processo de validação cruzada somente 04 modelos matemáticos sustentaram validade através da análise dos critérios adotados. Conclui-se que as variáveis preditivas neuromusculares, isoladamente, apresentam bom poder preditivo da FDM, sustentando assim 04 modelos matemáticos a partir delas ajustadas.

Endereço: https://periodicos.ufsc.br/index.php/rbcdh/article/view/3976

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.