Proposta de Instrumento Para Avaliação da Gestão Editorial das Revistas Científicas Brasileiras em Educação Física e Ciências do Esporte

Por: e .

Rdbci: Revista Digital de Biblioteconomia e Ciência da Informação - v.13 - n.1 - 2015

Send to Kindle


Resumo

Este trabalho contempla a proposta e aplicação de um instrumento para avaliar a gestão editorial das revistas com base em determinados conceitos, categorias e unidades de análise. O instrumento foi aplicado em revistas da área de educação física e ciências do esporte, mas poderá ser utilizado em revistas das demais áreas. A pesquisa é de cunho quantitativo, bibliométrico e identifica critérios mais importantes para avaliar a gestão editorial das revistas que foram agrupados em cinco categorias: qualidade editorial, difusão, normalização, processo de arbitragem e autoria. Para cada categoria há determinados indicadores, especificados segundo sua definição, aplicação e pontuação. Das 12 revistas analisadas 8 atingiram 80% dos critérios exigidos. Nos resultados são apresentados os pontos fortes do conjunto de revistas, suas características e recomendações aos editores e comitês editoriais. Se as categorias normalização e qualidade editorial estão bem pontuadas no conjunto, o mesmo não se pode dizer das de difusão, processo de arbitragem e autoria.

Referências

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR 6022 Informação e documentação: artigo em publicação periódica cientifica impressa. Rio de Janeiro, 2003.

BANKS, Julie; PRACHT, Carl. Movers and Shakers in the Library Publishing World Highlight their Roles: Interviews with Print and Electronic Journal Editors: a Comparison. Electronic journal of academic and special librarianship, Athabasca, v.6, n.3, winter 2005. Disponível em: http://southernlibrarianship.icaap.org/content/v06n03/banks_j01.htm. Acesso em: 26 mar. 2013.

BRAGA, Gilda Maria; OBERHOFER, Cecília Alves. Diretrizes para a avaliação de periódicos científicos e técnicos brasileiros. Revista Latinoamericana de documentación, Brasília, v.2, n. 1, p. 27-31, ene./jun. 1982.

CAMPANÁRIO, Juan Miguel. El sistema de revisión por expertos (peer review): muchos problemas y pocas soluciones. Revista Española de Documentación Cientifica, Madrid, v. 25, n.3, p. 267-285, 2002.

CASTRO, R. C. F.; FERREIRA, M. C. G.; VIDILI, A. L. Periódicos latino-americanos: avaliação das características formais e sua relação com a qualidade científica. Ciência da Informação, Brasília, v. 25, n. 3, p. 357-67, set./dez. 1996.

CAPES. COORDENAÇÃO DE APERFEIÇOAMENTO DE PESSOAL DE NÍVEL SUPERIOR. Diretoria de Avaliação QUALIS: Concepção e diretrizes básicas. Revista Brasileira de Pós-Graduação RBPG, Brasília/DF, n.1, p. 149-151, 2004.

COUNCIL OF SCIENCE EDITORS. CSE's White Paper on Promoting Integrity in Scientific Journal Publications: 2.0 roles and responsibilities in publishing. Wheat Ridge, 2012. Disponível em: http://www.councilscienceeditors.org/i4a/pages/index.cfm?pageid=3636#211. Acesso em: 2 dez. 2012.

DELGADO LÓPEZ-CÓZAR, Emilio; RUIZ-PÉREZ, Rafael; JIMÉNEZ-CONTRERAS, Evaristo. La edición de revistas científicas: directrices, criterios y modelos de evaluación. Granada: Universidad de Granada, 2006.

FERREIRA NETO, Amarílio; NASCIMENTO, Ana Claudia Silvério. Periódicos científicos da Educação Física: Proposta de Avaliação. Movimento, Porto Alegre, v. 8, n. 2, p.35-49, maio/ago.2002.

FERREIRA, Maria Cecília Gonzaga; KRZYZANOWSKI, Rosaly Favero. Periódicos científicos: critérios de qualidade. Pesquisa Odontológica Brasileira, São Paulo, v. 17, Supl. 1, p.43-48, 2003.

MARQUES, Fabrício. Esforço descontínuo. Pesquisa FAPESP, n. 194, p. 38- 41, abr. 2012. Disponível em: < http://revistapesquisa.fapesp.br/2012/04/10/esfor%C3%A7o-descont%C3%ADnuo/>. Acesso em: 09 fev. 2012.

OURIQUES, Nildo. Ciência e pós-graduação na universidade brasileira. In: RAMPINELLI, Waldir José; OURIQUES, Nildo (org.). Crítica à razão acadêmica: reflexão sobre a universidade contemporânea. 2. ed rev. Florianópolis: Insular, 2011. p. 73-108.

PIERRO, Bruno de. Conhecimento ilhado. Revista FAPESP, São Paulo, v. 204, p. 30-33, fev. 2013.

ROJAS, M. Alejandra; RIVERA, Sandra M.. Guía de buenas prácticas para revistas académicas de acceso aberto. Santiago de Chile: ONG Derechos Digitales, 2011.

SCIELO BRASIL. Critérios SciELO Brasil: critérios, política e procedimentos para a admissão e a permanência de periódicos científicos na coleção SciELO Brasil. São Paulo. Versão de Outubro de 2004. Disponível em: http://www.scielo.br/avaliacao/criteria/scielo_brasil_pt.html. Acesso em: 20 set. 2012.

SEMINÁRIO DE AVALIAÇÃO DO DESEMPENHO DOS PERIÓDICOS BRASILEIROS NO JCR 2011, 3. . São Paulo: FAPESP, 27 set. 2012. Disponível em: http://www.agencia.fapesp.br/16332. Acesso em: 25 mar. 2013.

SOUZA, Maria Fernanda Sarmento e; FORESTI, Miriam Celi Pimentel Porto; VIDOTTI, Silvana Aparecida Borsetti Gregório. Periódicos científicos eletrônicos: critérios de qualidade. In: VIDOTTI, Silvana A. B. G. (org.). Tecnologia e conteúdos informacionais: abordagens teóricas e práticas. São Paulo: Polis, 2004. p.153-168.

TARGINO, Maria das Graças; GARCIA, Joana Coeli Ribeiro. O editor e a revista científica:entre o “feijão e o sonho”. In: FERREIRA, Sueli Mara Soares Pinto; TARGINO, Maria das Graças (Orgs.). Mais sobre revistas científicas. São Paulo: Cengage Learning, 2008.

VILLAMÓN, Miguel; JOB, Ivone; VALENCIANO VALCÁRCEL, Javier; DEVÍS-DEVÍS, José. Estudio comparativo de cinco revistas de Ciencias del Deporte indizadas en WoS. Revista de Psicología del Deporte, Illes Balears, v. 21, n. 2, p. 281-287,2012.

VILLAMÓN, Miguel. Evaluación de las revistas científico-técnicas españolas de las ciencias de la actividad física y el deporte: validación y aplicación de un modelo.2007. 296 f. Tesis (doctoral). - Universitat de València. Valencia, 2007.

Endereço: http://dx.doi.org/10.20396/rdbci.v13i1.1589

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.