Proposta de Inclusão de Pessoas com Transtorno Mental nas Atividades de Extensão Universitária em Esporte e Lazer da Ufjf

Por: C. B. S. Rafael, Emerson Rodrigues Duarte, F. Távora, J. C. Rocha, Maria Elisa Caputo Ferreira e S. T. Paes.

XIV Congresso de Educação Física e Ciências do Desporto dos Países de Língua Portuguesa

Send to Kindle


Resumo

Objetivo:
Analisar o perfil referente ao sedentarismo e expectativas em relação à participação nos Projetos de Extensão Universitária em esporte e lazer da FAEFID / UFJF dos alunos com transtorno mental em processo de inclusão.

Método e Resultados:
Foram avaliados 20 alunos com transtorno mental, 10 homens e 10 mulheres, com idade média de 41 ± 11 anos, usuários do Centro de Convivência Recriar - Juiz de Fora/MG. Utilizou-se método qualitativo através da análise de conteúdo (BARDIN. 2008) das transcrições das entrevistas semi-estruturadas realizadas com esses 20 alunos com transtorno mental em processo de inclusão. Pode-se inferir que apesar do interesse pela prática do exercício físico, os usuários encontravam-se sedentários. Além disso, a expectativa diante dessa prática seria perder peso e melhorar a qualidade de vida.

Conclusões:
Percebe-se o interesse e a demanda das pessoas com transtornos mentais ao exercício físico orientado. Reafirma-se ainda, a importância e a necessidade de política pública em esporte e lazer que atenda à pessoa com transtorno mental sendo que a extensão universitária desenvolvida pela FAEFID pode contribuir para o equacionamento dessa defasagem. Por fim, espera-se que os estudos realizados pelo Projeto Incluir contribuam para a inclusão das pessoas com transtorno mental em Juiz de Fora.

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.