Qual Legado? Leituras e Reflexões Sobre os Jogos Olímpicos Rio-2016

Por: (Organizador) e José Carlos Marques (Organizador).

1Ed. Cultura Acadêmica. 2001

Send to Kindle


Sobre a Obra

Na festa de encerramento dos Jogos Olímpicos de 2016, o Brasil concluiu também o seu ciclo de megaeventos. O projeto iniciado em 2007 com a escolha do país para sediar a Copa do Mundo de Futebol transformou o Brasil no único a sediar os dois maiores eventos esportivos seguidamente no Século XX I. Uma epopeia que durou quase dez anos, atravessou o mandado de três presidentes, viu o país passar de um período de crescimento acelerado para a maior crise econômica de sua história e um momento de grande instabilidade política. Para os jogos esse também foi um período de grandes transformações, passando do glamour, com o duelo dos países e cidades para sediar os eventos, para a rejeição, com cidades e países retirando sua candidatura por não ter apoio popular. Pouco se vê, concretamente, do famoso legado, mas muito se vê da socialização dos prejuízos e da individualização dos lucros, sendo o evento considerado um facilitador para a corrupção, principalmente em países com democracias frágeis. Para se compreender as transformações e ramificações de um evento dessa magnitude ainda serão necessários muitos estudos, com uma vasta gama de assuntos a serem abordados, como: economia, corrupção, legado, desenvolvimento urbano e esportivo, saúde, contribuição social. Este capítulo busca oferecer ao leitor a imagem que o Brasil construiu no exterior durante os Jogos Olímpicos de verão de 2016 tendo como objeto de análise as reportagens publicadas no jornal The New York Times.

Sumário

título página
Perspectiva Social e Organizacional dos Jogos Olímpicos: Estado da Arte 19

Endereço: https://www.researchgate.net/publication/326468688_Qual_legado_-_Leituras_e_Reflexoes_sobre_os_Jogos_Olimpicos_Rio-2016_Jose_Carlos_Marques_e_Ary_Jose_Rocco_Junior_orgs_E-book_Sao_Paulo_Cultura_Academica_2018

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.