Qualidade de Vida de Cuidadores de Idosos Dependentes Vinculados a Uma Unidade de Saúde de Porto Alegre/rs

Por: Claides Abegg, Luiza Gasparotto Crescente e Victor Nascimento Fontanive.

Revista Brasileira de Qualidade de Vida - v.11 - n.3 - 2019

Send to Kindle


Resumo

OBJETIVO: Avaliar a qualidade de vida de cuidadores de idosos dependentes vinculados a uma unidade de saúde de Porto Alegre.

MÉTODOS: Trata-se de um estudo quantitativo, analítico, observacional do tipo transversal. A amostra foi composta por 59 cuidadores. Os instrumentos de coleta de dados foram: questionário sociodemográfico, Índice de Independência nas Atividades da Vida Diária (Escala de Katz) e questionário WHOQOL-Bref. As análises foram realizadas através do programa SPSS. A investigação da associação entre os desfechos e o grau de dependência dos idosos nas atividades da vida diária foi realizada através da análise de correlação de Pearson, com nível de significância de 5%.

RESULTADOS: Verificou-se predomínio de mulheres, de meia-idade e com algum problema de saúde autorreferido exercendo o cuidado informal. Os maiores escores de qualidade de vida dos cuidadores foram verificados no domínio físico e os menores no domínio meio ambiente.

CONCLUSÕES: Não foi encontrada associação estatística significativa entre o grau de dependência dos idosos nas atividades da vida diária e os domínios de qualidade de vida.

Endereço: https://periodicos.utfpr.edu.br/rbqv/article/view/10720

Comentários


:-)





© 1996-2020 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.