Qualidade de Vida de Pacientes com Insuficiência Renal Crônica em Tratamento Hemodialítico: Análise de Fatores Associados

Por: Ana Carolina Melchiors, Brigida Dias Fernandes, Fernanda Ahnert da Silva, Guilherme Dallapicola Silva e Yasmin Costa Barbosa Dias.

Revista Brasileira de Qualidade de Vida - v.8 - n.3 - 2016

Send to Kindle


Resumo

OBJETIVO: Avaliar a qualidade de vida (QV) e os fatores relacionados em pacientes com insuficiência renal crônica (IRC) submetidos à hemodiálise no município de São Mateus/ES. MÉTODOS: Estudo descritivo, do tipo transversal e com abordagem quantitativa. Os dados sociodemográficos, clínicos e de QV foram coletados por meio de entrevista e questionário estruturado. Para a avaliação da QV utilizou-se o instrumento específico Kidney Disease and Quality of Life Short Form (KDQOL-SFTM). Para análise, os domínios foram sumarizados em três componentes: componente da doença renal sumarizado (CDRS), componente físico sumarizado (CFS) e componente mental sumarizado (CMS), conforme proposto pelos autores do KDQOL. RESULTADOS: Foram entrevistados 168 pacientes. Houve predomínio dos homens (60,1%), da faixa etária 60-69 anos (21,4%) e do tempo de tratamento ≤2 anos (41,6%). A média da avaliação global da saúde foi 71,31 (±23,23). Observaram-se associações significativas e independentes entre os componentes sumarizados às variáveis: faixa etária, gênero, avaliação da viagem, presença de comorbidades e transporte custeado pelo município. CONCLUSÕES: A QV da população pesquisada, de modo geral, está comprometida e alguns fatores como presença de comorbidades, idade e o transporte até a clínica são determinantes.

Endereço: https://periodicos.utfpr.edu.br/rbqv/article/view/4426

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.