Qualidade de Vida e Satisfação com o Trabalho de Profissionais de Educação Física Atuantes em Academias da Cidade de Pelotas-RS

Por: Lidiane Amanda Bevilacqua.

144 páginas. 2013 00/00/0000

Send to Kindle


Resumo

Atuando como centros de voltados à prática de exercícios físicos, as academias sofreram uma serie de transformações ao longo do tempo, intensificado a partir da década de 1970, quando o culto a forma ganhoudimensões representativas na sociedade. Com o crescimento do número de academias aumentou o interesse em verificar as condições de trabalho e aspectos relacionados à saúde e qualidade de vida dos profissionais que atuam nesses serviços. A qualidade de vida dos profissionais pode ser influenciada pelo nível de satisfação percebida no seu ambiente de trabalho. A satisfação profissional visa dar respostas a um estado emocional e às experiências enfrentadas no contexto do trabalho. Podendo essa resposta ser apresentada como um sentimento e forma de estar positivos perante a profissão, ou de maneira inversa, quando tal sentimento e forma de estar na profissão não se verificam, caracterizando a presença de insatisfação. Objetivo: O presente estudo tem como objetivo investigar a satisfação profissional e a qualidade de vida dos profissionais que atuam nas academias de ginástica da cidade de Pelotas - RS, e examinar suas relações e fatores associados. Metodologia: Trata-se de um estudo descritivo observacional, de corte transversal. A coleta de dados será realizada através de um questionário, contendo questões referentes à parte, sociodemográfica, comportamental e nutricional, qualidade de vida e satisfação profissional dos profissionais que atuam nas academias da cidade de Pelotas.
 

Endereço: http://wp.ufpel.edu.br/ppgef/dissertacoes-2013/

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.