Qualidade de Vida do Trabalhador Docente em Educação Física do Estado do Paraná, Brasil

Por: Christi Noriko Sonoo, Hudson de Resende Moreira, e .

Revista Brasileira de Cineantropometria & Desempenho Humano - v.12 - n.6 - 2010

Send to Kindle


Resumo


O objetivo do estudo foi avaliar o nível de correlação entre os constructos da qualidade de vida no trabalho (QVT) e do estilo de vida (EV) dos docentes de Educação Física da rede pública estadual de ensino do Paraná. A amostra foi constituída por 654 docentes (299 professores do sexo masculino e 355 professores do sexo feminino), o que corresponde um erro amostral de 3,5%. Na coleta dos dados foi aplicado um questionário sociodemográfico, a “Escala de Avaliação da Qualidade de Vida no Trabalho Percebida por Professores de Educação Física do Ensino Fundamental e Médio” e “Perfil do Estilo de Vida Individual”. O teste de Qui-quadrado para grupo único e o teste de correlação de Spearman foram empregados na análise estatística dos dados. Os resultados evidenciaram que os docentes estão insatisfeitos com os salários, condições de trabalho e com o traba-lho e espaço total de vida. A maioria apresentou comportamento positivo quanto ao EV, porém os componentes nutrição, atividade física e controle do estresse apresentam grande preocupação. Constatou-se que a avaliação interna da QVT obteve índices de correlação maiores que do EV. Ao serem cruzadas as duas matrizes analíticas, observaram-se níveis fracos de correlação entre os componentes e as avaliações globais dos constructos.

Endereço: https://periodicos.ufsc.br/index.php/rbcdh/article/view/12377

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.