Quantificação da Carga de Treinamento Por Meio do Método da Percepção Subjetiva do Esforço da Sessão no Crossfit®: Um Estudo de Caso e Revisão da Literatura.

Por: Jonato Prestes, Nuno Manuel Frade de Sousa e Ramires Alsamir Tibana.

Revista Brasileira de Ciência & Movimento - v.25 - n.3 - 2017

Send to Kindle


Resumo


A aplicação de uma adequada carga de treinamento é um dos fatores fundamentais para proporcionar adaptações positivas com consequente melhora do desempenho. O método da percepção subjetiva de esforço (PSE) da sessão tem sido proposto como uma das melhores alternativas para quantificar a carga de treinamento, principalmente pela sua fácil compreensão e a pela sua relativa simplicidade. O objetivo do presente estudo de caso foi quantificar a magnitude da carga de treinamento através da PSE da sessão em dois atletas de CrossFit® e comparar a carga de treinamento com outras modalidades esportivas. A carga de treinamento média durante as 11 semanas foi 173,5 UA (unidade arbitrárias) para o sujeito A e 190,6 UA para o sujeito B. Após á análise de diversos estudos que avaliaram a CT média pelo método de PSE da sessão, todos os esportes apresentaram scores de PSE da sessão maiores do que os observados no treino de CrossFit® utilizado no presente estudo. Em conclusão, os resultados apresentados sugerem que o método da PSE da sessão é uma importante ferramenta que pode ser usada para controlar a carga de treinamento e possivelmente evitar o overreaching não funcional e o overtraining.
 

Endereço: https://portalrevistas.ucb.br/index.php/RBCM/article/view/919/pdf

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.