Questionários de Avaliação da Autoestima E/ou da Autoimagem: Vantagens e Desvantagens na Utilização com Idosos

Por: Adriana Aparecida da Fonseca Viscardi e Priscila Mari dos Santos Correia.

Revista Brasileira de Qualidade de Vida - v.9 - n.3 - 2017

Send to Kindle


Resumo

OBJETIVO: Avaliar os principais questionários de avaliação da autoestima e da autoimagem utilizados em estudos brasileiros com idosos.MÉTODOS: O estudo foi realizado por meio de uma pesquisa bibliográfica sobre o assunto.RESULTADOS: Verificou-se que o questionário mais utilizado para avaliação da autoestima de idosos é a Escala de Rosenberg (1965), enquanto que para a avaliação da autoimagem a Escala de Silhuetas de Stunkard et al. (1983) é frequentemente utilizada. Também foi possível identificar um questionário que se propõem a avaliar tanto a autoestima quanto a autoimagem de idosos, proposto por Steglich (1978).CONCLUSÕES: O questionário proposto por Steglich (1978) se mostrou mais confiável, visto que foi desenvolvido e validado especificamente para idosos brasileiros, permitindo a avaliação da autoestima e da autoimagem de forma mais completa.

Endereço: https://periodicos.utfpr.edu.br/rbqv/article/view/5845

Comentários


:-)





© 1996-2020 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.