Questionários de Medidas de Atividade Física em Idosos

Por: Fabiana Maluf Rabacow, Marcius de Almeida Gomes, Priscilla Marques e .

Revista Brasileira de Cineantropometria & Desempenho Humano - v.8 - n.4 - 2006

Send to Kindle


Resumo

Identificar a quantidade ideal de atividade física é fundamental para que se possa orientar práticas coerentes em relação à quantidade, intensidade e freqüência, bem como construir programas de intervenções para minimizar e controlar os problemas relacionados com o declínio funcional em idosos. Dentre os métodos e técnicas, os questionários têm sido os mais empregados para avaliar a atividade física e o gasto energético. Assim, o presente estudo objetivou avaliar as características, origens, aspectos psicométricos, vantagens e limitações de questionários que medem o nível de atividade física em idosos. Realizou-se uma revisão bibliográfi ca nos bancos de dados eletrônicos: Ovid Medline e o acervo bibliográfi co pessoal. Após a identifi cação dos instrumentos, realizou-se nova busca para a avaliação. Foram encontrados seis questionários e apresentadas as características de cada um. Os questionários BAECKE e o IPAQ são os únicos traduzidos e validados para a língua portuguesa, e o IPAQ foi o que pareceu apresentar as melhores condições para ser aplicado em idosos brasileiros. Assim, dentre os questionários que avaliam o nível de atividade física em populações idosas no Brasil, verifi cou-se que apresentam boa reprodutibilidade, mas baixa validade.

Endereço: https://periodicos.ufsc.br/index.php/rbcdh/article/view/3930

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.