Questões de Gênero e Desconstrução de Estereótipos: Um Plano Lúdico Para Ensino da Dança na Educação Física Escolar

Por: Mildred Aparecida Sotero.

2010 13/12/2010

Send to Kindle


Resumo

Esta pesquisa investigou os modos como se constroem e se revelam relações e concepções pautadas no gênero, entre crianças do 5° ano do ensino fundamental I de uma escola pública da cidade de São Paulo, expressos nas aulas de educação física com o conteúdo dança. Caracteriza-se como um estudo descritivo exploratório com observação participante. A partir da tabulação e análise dos resultados obtidos por meio de respostas a perguntas de um questionário foi elaborado e posto em prática um plano de ensino, com a finalidade de intensificar a participação dos alunos e alunas no aprendizado de uma dança da cultura popular brasileira e desconstruir representações de estereotipia de gêneros vinculadas ao universo da dança e presentes no imaginário dos sujeitos pesquisados. O plano de ensino baseou-se na criação de enredos e gestos pessoais para a composição de coreografias, em ambiente devidamente estruturado, com personagens de perfis não hegemônicos de gênero; sua didática teve orientação lúdica, por ser esta uma via propiciadora da ruptura de paradigmas. Os resultados da pesquisa apontaram a predominância de representações de gêneros hegemônicos, por parte das crianças, fortemente marcados nas concepções sobre o ato de dançar. Quanto ao plano de ensino investigado, verificou-se que, além de suscitar nos sujeitos diversas possibilidades de ressignificações para pensar a relação entre gênero e dança, fomentou, também, a construção gestual da dança em questão, possibilitando, aos alunos e alunas, oportunidades de serem sujeitos ativos e criativos em seu processo de aprendizado da dança na escola

Endereço: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/39/39133/tde-20012011-111836/pt-br.php

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.