Razões Para a Não Prática Desportiva em Adultos: Estudo Comparativo Entre a Realidade Rural e Urbana.

Por: Fernandes Hm, João Paulo Lázaro e Vasconcelos- Raposo . J.

Motricidade - v.1 - n.2 - 2005

Send to Kindle


Resumo

Razões para a não prática desportiva em adultos: Estudo comparativo entre a realidade rural e urbana. Fernandes HM; Lázaro JP; Vasconcelos-Raposo J. Centro de Estudos em Educação e Psicologia da Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro. RESUMO Considerando a ausência de estudos centrados na análise dos motivos para a não participação desportiva, pretendemos conhecer os factores de influência à não prática desportiva, assim como, proceder à comparação entre o meio rural e o urbano, dado o acesso à prática desportiva ocorrer de forma diferenciada para estes contextos. Uma amostra de 321indivíduos (159 do sexo feminino e 162do sexo masculino), com idades compreendidas entre os 20e os 67 anos (M=35.67 e SD=11.82) respondeu ao IMAAD (Inquérito de motivações para a ausência de actividade desportiva). Para a comparação urbano/rural recorreu-se à tipologia de em Monteiro (2000), pelo que 28.1% da amostra afirmou viver em áreas predominantemente rurais, 25.5% em áreas medianamente urbanas e 46.4% dos indivíduos referiram residir em áreas predominantemente urbanas. Obteve-se uma estrutura de 5 factores que justificavam 42.75% da variância total, apresentando estes índices satisfatórios de consistência interna. As mulheres valorizaram mais a falta de tempo, enquanto os habitantes de zonas rurais evidenciaram a falta de apoios/condições, como principais factores motivacionais que orientam a ausência de actividade desportiva. Palavras-chave: rural/urbano, motivação e sedentarismo. ABSTRACT Reasons for non sports participation among adults: comparative study between rural and urban areas. Considering the inexistence of studies centered in the analysis of the reasons for non involvement in sport activities, we intended to identify the respective influence factors, as well as, to proceed to compare individuals according to their residential areas: rural and the urban as it is hypothesized that adherence to sport practice is mediated by this variable.. A sample of 321individuals (159 female and 162 male), with ages ranging between 20and the 67 years old (M=35.67 and SD=11.82) completed the IMAAD questionnaire. For the urban/rural comparison it was used the Monteiro’s (2000) typology. Thus, 28.1% of the sample affirmed to live in areas predominantly rural, 25.5% in areas mainly urban and 46.4% of the individuals referred to live in areas predominantly urban. A structure of 5 factors emerged justifying 42.75% of the total variance and, presenting reasonable values of internal reliability. The women valued more the lack of time, while the rural habitants evidenced the lack of supports/conditions, as the main motivational factors that explain the lack of involvement in sport activity. Key-words: rural/urban, motivation and sedentary behaviour.

Comentários


:-)





© 1996-2021 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.