Reações Psicomotoras Dependentes do Tipo de Estímulo na Esgrima

Por: Zbigniew Borysiuk.

Revista Brasileira de Cineantropometria & Desempenho Humano - v.10 - n.3 - 2008

Send to Kindle


Resumo

O objetivo do presente estudo foi examinar o tempo de reação (TR), tempo de movimento (TM) e sinal eletromiográfico (EMG) durante os estímulos tátil, acústico e visual. Dois grupos de indivíduos participaram do estudo: um grupo composto por esgrimistas avançados (n= 12, idade média= 22,3), em média 8,3 anos de prática; e o outro por esgrimistas novatos (n= 15, idade média= 14,8), em média 2,8 anos de prática. A ferramenta de investigação aplicada no estudo foi um inovador sistema de superfície eletromiográfica, com equipamentos periféricos que permitiram acessar as reações aos estímulos tátil, acústico e visual dos participantes. O sistema tornou possível gravar o TR e TM separadamente. Os indivíduos foram expostos a quarenta e cinco estímulos de modo randomizado, em cada tipo de estímulo. Os esgrimistas responderam mais rapidamente ao estímulo tátil e, em seguida, ao estímulo acústico, e de maneira mais lenta ao estímulo visual (p < 0,01). Os esgrimistas avançados exibiram valores significativamente mais baixos de TR, TM e sinal EMG, em comparação aos esgrimistas novatos. Ambos os grupos exibiram um decréscimo no valor do sinal EMG durante as tentativas de estímulos tátil, acústico e visual, suportando a hipótese. Uma pequena coincidência das curvas do sinal EMG também foi observada no teste de estímulo visual. Pode-se concluir que a percepção visual reduz a tensão muscular nos esgrimistas novatos (p < 0,05).

Endereço: https://periodicos.ufsc.br/index.php/rbcdh/article/view/1980-0037.2008v10n3p223

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.