Reconfigurar e Renovar a Formação Inicial e as Práticas em Educação Física: Ensaio Curricular de Andebol Estruturado em Modelos de Ensino Centrados no Aluno

Por: Amândio Braga dos Santos Graça, António Ferreira, Daniela Azevedo, Luísa Estriga, Mariana Cunha e Paula Batista.

XVI Congresso de Ciências do Desporto e Educação Física dos Países de Língua Portuguesa

Send to Kindle


Resumo

O objetivo deste estudo é contribuir para a melhoria da formação em contexto de estágio e simultaneamente renovar as práticas em Educação Física, concretamente do ensino de andebol. Neste intuito o desenho metodológico é de investigação-ação, com metodologias de ensino-aprendizagem centradas no aluno – modelo de competências (Mush et al., 2002). Os participantes são alunos de uma turma do nono ano de escolaridade, de uma escola do grande Porto, sob a responsabilidade de uma estudantes estagiária da Faculdade de Desporto da Universidade do Porto do ano letivo 2015/16, supervisionada por uma professor cooperante. O ensaio curricular foi concebido, elaborado e operacionalizado com a colaboração de uma docente especialista em andebol, um estudante de doutoramento da área, a supervisora da faculdade, e a coordenadora da unidade curricular de estágio profissional. A imagem e a instrução (gravação em vídeo e áudio das aulas), a intensidade do esforço (acelerómetros e cardiofrequencímetros) e as percepções (diário da estagiária e entrevistas aos alunos) são os meios de recolha utilizados. O desafio inicial foi empoderar a estudante-estagiária de conhecimento do conteúdo e capacidade de detetar os problemas concretos dos alunos no decurso da unidade. Os alunos de Educação Física revelaram um elevado nível de envolvimento desde o primeiro momento. É expectável a capacitação da estudante-estagiária ao nível pedagógico, bem como a aprendizagem dos alunos na componente motora, cultura desportiva, responsabilidade e autonomia.

Endereço: http://www.fade.up.pt/rpcd/entradaPT.html

Comentários


:-)





© 1996-2020 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.