Recordando Sobre o Brincar na Infância de Professores Participantes de Um Processo de Formação Lúdica

Por: Carla de Oliveira Ferroni.

174 páginas. 2018 26/02/2018

Send to Kindle


Resumo

A presente pesquisa aborda o tema das memórias de infância dos professores. A investigação educacional tomou como aportes teóricos, tais como: Brougère (2010); Nóvoa (2015); Souza, (2006); Josso (2004); Kishimoto (2006). Teve como questão de pesquisa: O que as lembranças lúdicas da infância dos professores revelam em uma formação prática? O objetivo geral da pesquisa foi compreender memórias - memórias sobre brincar na infância, na perspectiva de professores que participam de um treinamento de prática recreativa. Trazer memórias à vida - memórias de professores ou futuros professores, especificamente suas memórias lúdicas voltadas para a valorização de experiências pessoais em processos de formação de professores que atuam com crianças ou o farão no futuro. Considera-se também que o brincar não está presente nas práticas pedagógicas cotidianas nos contextos de educação infantil ou nos anos iniciais do ensino fundamental ou quando está presente é vivido esporadicamente, de forma mecanizada e excessivamente direcionada. A pesquisa teve abordagem qualitativa, descritiva e exploratória e considerada estudo de caso. Foi inspirado pela abordagem das histórias de vida.

Endereço: https://repositorio.ufscar.br/handle/ufscar/9918

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2018 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.