Recuperação Acelerada em Lesões Traumáticas de Joelho no Atleta Amador / Ocasional

Por: Marcelo Duarte.

VII Congresso de Educação Física e Ciências do Desporto dos Países de Língua Portuguesa

Send to Kindle


Resumo

As lesões por esforços repetitivos (L.E.R.) são um conjunto de afecções músculo-esquelética que atingem principalmente os membros superiores até a região cervico-braquial. A magnitude dessa doença coloca-a como importante problema de saúde pública. O objetivo deste estudo foi investigar a incidência e as dores relacionadas a essa doença em pessoas sedentárias. Para tal foi selecionado vinte e três funcionários, (n=23), do setor administrativo do banco de estado de São Paulo, BANESPA, da Universidade Estadual de Campinas- UNICAMP, sendo subdividido em dois grupos: Grupo A, formado por dez mulheres,(n=10), com idade compreendida entre 32 e 51 anos e com média de tempo de serviço de 15 anos e o Grupo B, formado por treze homens, (n=13), com idade compreendida entre 28e 53 anos e com média de tempo de serviço de 18 anos. Utilizamos como instrumento de pesquisa protocolo de avaliação, composto por perguntas abertas e fechadas. Como resultados encontramos: 30% no Grupo Ae 31% no Grupo B de pessoas portadoras dessa enfermidade. Quanto aos desconfortos físicos (dores locais) foram apresentadas as seguintes: grupo A: 68%- braço, 72%- ombro, 52%- antebraço, 50%- mão e no grupo B: 75%- braço, 54%- ombro e no 24%- antebraço. Portanto, pelos resultados há alto índice de incidência, dificultando o trabalho do dia-dia, causando assim absenteísmo elevado no BANESPA. Esses dados, estão sendo comparados com de outra população que desenvolvem movimentos corporais similares na ergonomia.

Comentários


:-)





© 1996-2020 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.