ReflexÕes Acerca do Papel da Re-significaÇÃo do Corpo Pela EducaÇÃo FÍsica Escolar, Face Ao EstereÓtipo de Corpo Ideal ConstruÍdo na Contemporaneidade.

Por: e Andréia Santos Gonçalves.

Conexões - v.5 - n.1 - 2007

Send to Kindle


Resumo

O presente artigo, de cunho interpretativo, apresenta uma reflexão acerca do papel da Educação Física Escolar na re-significação do corpo, face ao estereótipo construído na contemporaneidade. Recorre-se, às contribuições de alguns estudiosos do corpo, em especial, Le Breton; de algumas idéias de sociólogos como Durkheim e Foucault e do antropólogo Mauss. Aborda-se, também, reflexivamente a questão do corpo, no “fazer” Educação Física, onde o professor e os alunos reúnem possibilidades de re-significação do corpo pela conscientização, superando a fragmentação e propondo a interdisciplinaridade na sua constituição. A reflexão exige, portanto, o reconhecimento da realidade da prática pedagógica da Educação Física na escola, enquanto espaço social emancipatório e não apenas mero reprodutor de práticas a-críticas. Palavras-Chave: Corpo; Contemporaneidade; Re-significação; Mídia; Educação Física Escolar.

Endereço: http://www.unicamp.br/fef/publicacoes/conexoes/v5n1/ArtigoANDREIA.pdf

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.