Reflexões sobre a educação física no SUS : uma análise a partir das dissertações e teses.

Por: Cheila Cavalli.

2009 00/00/0000

Send to Kindle


Resumo

A forma como a Educação Física (EF) se apropria das concepções da saúde e da Promoção de Saúde (PS) no Sistema Único de Saúde (SUS) tem sido objeto de pesquisas e de muitas críticas, tanto por teóricos da Saúde Pública (SP) e da Saúde Coletiva (SC) quanto da própria EF. Diante disto, realizamos uma análise sistemática e crítica da produção de conhecimento na pós-graduação (teses e dissertações) relacionada à EF dedicada a refletir e a intervir no SUS, elaboradas entre 1998 e 2008. A pesquisa teve como objetivo geral caracterizar quais os Estilos de Pensamento (EP) estão presentes na produção científica (teses e dissertações) da EF atuando em PS no SUS. Como objetivos específicos: identificar que concepções de PS estão presentes na produção científica da EF atuando no SUS; e investigar como as concepções de PS são abordadas pelos distintos Coletivos de Pensamento (CP) a partir da produção do conhecimento (teses e dissertações) da EF realizadas no âmbito de intervenção no SUS. Para tanto, nos apoiamos tanto nos referenciais da SC nas bases epistemológicas de Ludwing Fleck, utilizando as categorias, por ele consideradas, de Estilo de Pensamento (EP) e Coletivo de Pensamento,bem como na Pesquisa Social em Saúde para compreendermos como se dá a determinação social do processo saúde-doença. Como caminho para a construção do pensamento científico nos fundamentamos na Hermenêutica-Dialética, sendo empregadas a Análise de Conteúdo e Análise Temática. O levantamento bibliográfico se deu a partir de bases de dados de bibliotecas virtuais (USP, Unicamp, UFSCar, UNESP, UFSC, UFRGS, CAPES), sendo selecionados onze trabalhos, organizados em dois agrupamentos: 1) Estudos de intervenção da EF no SUS (uma tese e quatro dissertações) e 2) Estudos que analisam a percepção dos profissionais da saúde (gestores, técnicos e acadêmicos de Educação Física) e dos usuários acerca da atuação da EF no SUS (uma tese e cinco dissertações). Como principais achados identificamos a existência de três Coletivos de Pensamento que compartilham Estilo de Pensamento, os quais foram denominados e classificados, nesta dissertação, como: Educação Física & Clínica, que em sua abordagem teórico-metodológica predominava o enfoque biológico-curativista da prescrição de exercício físico para a melhora da saúde; Educação Física & Saúde Pública, o qual fundamenta a prática em abordagens teórico-metodológicas preventivistas; e Educação Física & Saúde Coletiva, que além de ser um coletivo que estaria em transição, vez que compartilha de modo sincrético alguns elementos do EP Educação Física & Saúde Pública, se aproxima da discussão teórico#conceitual da SC e se preocupa em discutir a Determinação Social da Saúde.

Endereço: http://repositorio.ufsc.br/xmlui/handle/123456789/92944

Comentários


:-)





© 1996-2020 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.