Relação dos Níveis de Burnout Entre Professores e Diversas Profissões no Brasil: Um Estudo Comparativo

Por: Luis Alberto Lourenço Matos e Yonel Ricardo de Souza.

Revista Brasileira de Qualidade de Vida - v.7 - n.1 - 2015

Send to Kindle


Resumo

OBJETIVO: Correlacionar os níveis de burnout entre a profissão de professor e várias profissões que apresentam estudos do fenômeno no Brasil.

MÉTODOS: Foi realizado levantamento em periódicos alocados nas bases indexadoras LILACS e SCIELO e em dissertações e teses produzidas em programas de pós-graduação brasileiros. Dentre os itens listados, selecionaram-se aqueles trabalhos experimentais, quantitativos, que tivessem pesquisado o fenômeno burnout durante o exercício de uma profissão no Brasil. Para a análise de dados foi utilizado o pacote estatístico SPSS versão 20.0. Para verificar a relação entre as dimensões da síndrome de burnout, foi utilizada a correlação de Spearman’s rho.

RESULTADOS: Observaram-se apenas correlações significativas (p<0,05) dos professores com atendente de vítima de violência (correlação inversa) e policial militar (correlação direta). As profissões funcionário público, motorista, funcionário de instituto de pesquisa, médico, enfermeiro e atleta de vôlei, além de um estudo que se valeu de uma amostra multifatorial (várias profissões), apresentaram níveis moderados de correlação com a profissão professor, entretanto sem significância.

CONCLUSÕES: Os fatores desencadeantes de estresse crônico entre as profissões com boa correlação com a profissão professor (principalmente policial militar) podem ser levados em consideração na montagem de estratégias para evitar a manifestação do burnout no trabalho, contribuindo assim para a promoção da saúde mental no trabalho e melhora da qualidade de vida.

Endereço: https://periodicos.utfpr.edu.br/rbqv/article/view/1976

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.