RelaÇÃo dos Testes de 12 Minutos e de 40 Segundos com o MÉtodo NÃo-invasivo de DeterminaÇÃo de Tipologia de Fibras em Jovens PÚberes do Programa Rio CrianÇa CidadÃ

Por: Carlos Frederico de Oliveira Coutinho da Silva, Luciano F. da Silveira e Rodrigo B. da Mota.

Revista de Educação Física - Centro de Capacitação Física do Exército - n.131 - 2005

Send to Kindle


Resumo

A descoberta da predominância do tipo de fibra muscular (contração lenta-CL e contração rápida-CR) é um dos critérios primordiais para a seleção desportiva e, desta forma, um poderoso instrumento para treinadores no planejamento e adequação do treinamento de atletas de todas as idades. O Exército Brasileiro, na figura da Escola de Educação Física do Exército (EsEFEx), em parceria com a Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro, desenvolve o projeto "Descobrindo Campeões" com jovens integrantes do Projeto Rio Criança Cidadã (PRCC), facilitando a inclusão social e, possivelmente, realizando a descoberta de talentos esportivos. O objetivo deste estudo foi verificar, de forma não-invasiva, a relação entre a tipologia de fibras musculares de membros inferiores (Hickson, Hidaka e Foster, 1994), em jovens púberes, com os testes de 12 minutos (Cooper, 1968) e de 40 segundos (Matsudo, 1979). A amostra foi composta por 15 jovens púberes, segundo o protocolo de Tanner (1962), do sexo masculino, integrantes do PRCC, fisicamente ativos, praticantes de atividades físicas diversas, com idade de 15,66 ± 0,82 anos, massa corporal de 59,50 ± 5,56 kg e estatura de 1,71 ± 0,07 m. Foram empregados os testes de 12 minutos, teste de 40 segundos, ambos realizados em pista sintética de 400 metros, e teste de tipologia de fibras - CL, composto pela mensuração da carga máxima no exercício de agachamento, seguido da realização de teste de repetições máximas a 40% desta carga. O ritmo foi controlado e ininterrupto, em torno de 13 repetições por minuto, donde o valor total foi utilizado na classificação das fibras. O do teste de 40 segundos foi 277,39 ± 17,62 m e do teste de tipologia de fibras 37 ± 11,12 % de contração lenta. Foi utilizada a correlação de Spearman para verificar o comportamento entre as variáveis, encontrando-se r = 0,89 para p = 0,00, entre o teste de 12 minutos e CL; e r = 0,62 para p = 0,14, entre o teste de 40 segundos e CL. Da análise dos resultados, conclui-se que houve uma correlação significativa e forte entre o teste de 12 minutos e CL e significativa e fraca entre o teste de 40 segundos e CL. Sugere-se estudos que utilizem outros testes que caracterizem atividades aeróbicas e anaeróbicas, a fim de avaliar diferentes dados correlacionais e seus respectivos valores de significância. Palavras-chave: Tipologia de Fibras, Teste de Cooper, Teste de Matsudo e Métodos Não-invasivos.

Endereço: http://www.revistadeeducacaofisica.com.br/artigos/2005.2/ARTIGO%201.pdf

Tags:

Comentários


:-)





© 1996-2020 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.