Send to Kindle


Resumo

Lesões nos esportes são temas de diferentes investigações e para prevenilas, carece detectar suas causas especificamente por modalidades esportivas. Neste sentido, este estudo de cunho descritivo, teve como objetivo verificar a relação entre condicionamento físico e o número de lesões em judocas. A amostra, composta por 24 judocas praticantes de um projeto de extensão, da UFSC, destes, 4 do sexo feminino e 20 do sexo masculino com média de idade de 22,8 ± 8,5 anos. Como instrumento utilizou-se uma entrevista para levantar o número e o tipo de lesões ocorridas nos últimos 12 meses e uma ficha para os testes de avaliação física e para as medidas antropométricas. Houveram 42 lesões, onde todos tiveram pelo menos uma e no máximo 4 lesões; 28 foram do tipo leve (traumas em tecidos moles);14 consideradas graves (entorces de 1e,2S e 39). Aplicado uma Regressão Linear (número de lesões =- 2,43 +0,046 X% gordura- 0,001 X abdominal +0,008 X impulsão vertical +0,065X flexibilidade - 0,011 Xaeróbia+0.012Xanaeróbia), encontrou-se uma pequena contribuição da flexibilidade, do percentual de gordura e da impulsão vertical no número de lesões, e, a capacidade aeróbia e a resistência abdominal as que menos contribuíram. Mesmo não sendo significativa a contribuição do percentual de gordura e da flexibilidade no maior número de lesões, esses achados encontram suporte na literatura, embora não especificamente para o Judô, e assim, deverão receber mais destaque durante as sessões de treinamento.

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.