Relação Entre Desempenhos Tático e Técnico em Jovens Jogadores de Futebol

Por: Cristino Julio Alves da Silva Matias, , Israel Teoldo da Costa e Vinícius Viana Soares.

Revista Brasileira de Cineantropometria & Desempenho Humano - v.17 - n.2 - 2015

Send to Kindle


Resumo

Componentes técnicas, táticas, físicas e fisiológicas participam no desempenho de jogadores de futebol, contudo, pouco investigou-se acerca das relações entre estas variáveis. Este estudo objetivou comparar o Índice de Perfomance Tática – Ofensivo e Defensivo – com o desempenho técnico em condução, passe e chute a gol. Utilizou-se o FUT-SAT para avaliar o comportamento tático, e o teste de habilidades e destrezas técnicas, para avaliar o desempenho técnico dos futebolistas. Realizou-se a análise estatística através do teste de normalidade de Shapiro-Wilk e do coeficiente de correlação de Spearman. Observou-se uma correlação de baixa intensidade entre os Índices de Performance Tática ofensivo e defensivo e o desempenho nos testes de remate, passe e condução, e uma baixa correlação entre condução e Penetração/Espaço com bola e remates à baliza. Os resultados apontam para o distanciamento entre saber “como fazer”, ou seja, dominar a habilidade técnica, e o saber “o que fazer”, entendido como o conhecimento tático, na medida em que é necessário que a avaliação do desempenho técnico se dê também em contextos mais próximos do jogo de Futebol, a exemplo de situações de Pequenos Jogos. Conclui-se que a performance tática – ofensiva e defensiva – de jovens jogadores de futebol relaciona-se em baixa intensidade com o desempenho técnico em condução, drible e remate ao gol.

Endereço: https://periodicos.ufsc.br/index.php/rbcdh/article/view/1980-0037.2015v17n2p136

Comentários


:-)





© 1996-2021 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.