Relação Entre Gordura e Problema Postural de Coluna em Adolescentes

Por: .

VII Congresso de Educação Física e Ciências do Desporto dos Países de Língua Portuguesa

Send to Kindle


Resumo

O paradigma de que gordura e/ou obesidade é um fator positivo para determinar saúde, não pode ser mais mantido diante das evidências que a ciência nos aponta hoje. A obesidade leva a hipertensão arterial, aumento da probabilidade de doenças coronarianas, à diminuição da capacidade cardiorespiratória, porexemplo. A questão da saúde é mais ampla que apenas a ausência de doença ou enfermidade, é um equilíbrio do bem-estar físico, mental e social, independente de padrões momentâneos estabelecidos pela sociedade. A adolescência é uma fase de transformação, aonde o adolescente passa por mudanças corporais significativas. Modificações biomecânicas, associada ao aumento de apetite, justificado pelo rápido e constante crescimento, pode ocasionar excesso de peso de gordura se não controlado, causando aumento de sobrecarga corporal, que pode acarretar numa compensação postural incorreta. O objetivo é estabelecer a relação direta entre gordura e problema postural de coluna em adolescentes, de um colégio de classe média/alta, na Barrada Tijuca, no Rio de Janeiro. Para determinar se um adolescente é gordo/obeso, fez-se uma avaliação do seu estado, através da análise do percentual de gordura, segundo Faulkner, e para a avaliação dos desvios posturais de coluna, fez-se uma análise postural subjetiva, de vista posterior e lateral, identificando os desvios de escoliose, hiperlordose e hipercifose. Os resultados mostram que a maioria não apresenta obesidade, mas apresenta problemas posturais de coluna. Conclui se que não há uma relação direta entre a gordura e problemas posturais de coluna, nesta amostra avaliada.

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.