Relação Entre Indicadores Antropométricos de Massa Muscular e Potência de Extremidades Inferiores em Esportistas Jovens Talentosos

Por: Carlos Bahamondes-avila, Esteban Aedo-muñoz, Jaime Cárcamo-oyarzún e Marcelo Rosas-mancilla.

Revista Brasileira de Ciências do Esporte - v.40 - n.3 - 2018

Send to Kindle


Resumo

O objetivo deste trabalho foi determinar o nível de relação entre indicadores antropométricos segmentários de muscularidade com os níveis de potência expressados na força explosiva e elástico explosiva. Para tal, avaliaram-se a 31 esportistas varões (idade = 15,5 ± 1,7 anos; peso = 61,4 ±11,5 kg) de diversas disciplinas do Programa de Projeção Esportiva Nacional da Região de Aysén, Chile. Seguiram-se os protocolos da ISAK para as avaliações antropométricas e teste de Bosco para a valoração de potência de salto. Observa-se uma alta intensidade de associação entre potência absoluta dos saltos SJ e CMJ e todas as variáveis antropométricas da coxa (r > 0,8). Estabeleceu-se um modelo preditivo do rendimento em salto mediante três medidas antropométricas.

Endereço: http://rbceonline.org.br/pt/relacion-entre-indicadores-antropometricos-regionales/articulo/S010132891630004X/

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.