Relação Entre o Nível de Condicionamento Cardiorrespiratório e Aspectos Relacionados à Qualidade de Vida em Estudantes Universitários

Por: Francisco de Assis Manoel, Gustavo Puggina Rogatto, Marcos Tadeu Siervuli Ferreira e Norma Rosa Laert.

XIV Congresso de Educação Física e Ciências do Desporto dos Países de Língua Portuguesa

Send to Kindle


Resumo

Objetivo:
O presente estudo teve como objetivo identificar a relação entre o nível de condicionamento cardiorrespiratório e aspectos relacionados à qualidade de vida em estudantes universitários.

Métodos e resultados:
A amostra foi composta por 20 indivíduos adultos jovens (20,9±1,5 anos) do sexo masculinho, graduandos de um curso de Educação Física. Os voluntários foram submetidos à avaliação do condicionamento cardiorrespiratório por meio da aplicação do teste de 12 minutos realizado em uma pista de atletismo. Para a avaliação da qualidade de vida foi utilizado o questionário SF-36 que é composto por oito aspectos relacionados à qualidade de vida, quais sejam: capacidade funcional, limitação por aspectos físicos, dor, estado geral da saúde, vitalidade, aspectos sociais, limitação por aspectos sociais e saúde mental. Os resultados de consumo máximo de oxigênio (VO2máx.) foram correlacionados a cada um dos oito aspectos da qualidade de vida por meio do teste de correlação de Pearson, com p<0,05. Os resultados indicam que não houve correlação significativa entre o nível de condicionamento cardiorrespiratório (VO2máx.) e todos os domínios que compõem o SF-36 (capacidade funcional: r = 0,24; limitação por aspectos físicos: r = 0,41; dor: r= 0,05; estado geral da saúde: r = 0,13; vitalidade: r = 0,01; aspectos sociais: r = -0,27; limitação por aspectos sociais: r = -0,31 e saúde mental: r = -0,30).

Conclusão:
O condicionamento cardiorrespiratório de estudantes de Educação Física não apresentou relação com diferentes domínios que compõem a qualidade de vida.

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.