Relação Entre Percepção Subjetiva do Esforço e Marcadores Salivares em Atletas de Atletismo

Por: Bruno Pereira Melo, Fernando Roberto De-oliveira, Francisco de Assis Manoel, Ramon Cruz e Solange Marta Franzói-de-moraes.

Revista Brasileira de Educação Física e Esporte - v.32 - n.2 - 2018

Send to Kindle


Resumo

O objetivo do estudo foi descrever a distribuição das Cargas de Treinamento (CT) pelo método da percepção subjetiva de esforço (PSE) da sessão e verificar a sua associação com as alterações de marcadores salivares (MS) em atletas de atletismo durante um camping de treinamento. Participaram do estudo, 44 atletas (17,5 ± 2,7 anos; 175,1 ± 9,0 cm; 63,9 ± 10,7 Kg) sendo, 11 velocistas, 11 fundistas, 11 saltadores e 11 arremessadores, avaliados durante oito sessões de treinamento (duração entre 120 e 150 minutos). Amostras de saliva foram colhidas antes e após o camping, avaliando as concentrações de cortisol, proteínas totais e osmolaridade. A PSE foi obtida trinta minutos após cada sessão, utilizando a escala CR10. A normalidade dos dados foi verificada pelo teste de Shapiro-Wilk. A comparação entre grupos foi realizada por ANOVA e a correlação entre PSE e MS foi obtida pela correlação de Pearson, adotando p < 0,05. A distribuição das CT apresentaram características ondulatórias e alta variabilidade. Houve aumento na osmolaridade salivar nos velocistas (55,0 ± 14,0 vs. 68,7 ± 22,6 mOsm/L; p=0,003) e saltadores (60,9 ± 17,9 vs. 77,8 ± 18,7 mOsm/L; p=0,001). Os fundistas apresentaram maiores níveis de cortisol (p = 0,007) comparado aos demais grupos. Não foram encontradas correlações entre a PSE da sessão e MS. Sendo assim, a combinação de avaliações perceptuais e fisiológicas deve ser priorizada para um melhor controle e monitoramento de atletas na modalidade de atletismo.

Endereço: https://www.revistas.usp.br/rbefe/article/view/166720

Comentários


:-)





© 1996-2020 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.