Relação da Qualidade de Vida com Parâmetros Antropométricos em Atletas Juvenis do Município de Ponta Grossa-pr

Por: Fabrício Cieslak.

Revista da Educação Física - UEM - v.19 - n.2 - 2008

Send to Kindle


Resumo

A participação de adolescentes em atividades esportivas de alto rendimento pode provocar alterações em aspectos biológicos e comportamentais relacionados à saúde e qualidade de vida (QV) desta população. Desta forma, o presente estudo objetivou analisar a relação da QV com parâmetros antropométricos em atletas juvenis. O estudo foi desenvolvido no município de Ponta Grossa, Paraná, com 75 atletas (39 do sexo masculino). Foram coletados dados da massa corporal e estatura para cálculo do índice de massa corporal (IMC), circunferência abdominal (CA) e QV (através do WHOQOL-Bref). Para análise estatística foram utilizados o teste U de Mann-Whitney e a correlação de Spearman. Foram encontradas diferenças significativas para os meninos nos valores de IMC (p=0,017), CA (p=0,009) e QV geral (p=0,040), além dos domínios psicológico (p=0,002) e meio ambiente (p=0,048). As correlações indicaram uma relação positiva para o IMC (r=0,536; p=0,001) e CA (r=0,394; p=0,017) em relação à QV das meninas. Pode-se concluir que os meninos apresentaram valores superiores para QV geral em relação às meninas e que as variáveis antropométricas correlacionaram-se diretamente com a QV em meninas

Endereço: http://periodicos.uem.br/ojs/index.php/RevEducFis/article/view/5552/3528

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.