Relações Entre Aptidão Física, Envolvimento com Bola e Desempenho Técnico de Adolescentes no Futsal

Por: Alessandro H. Nicolai Ré e Gabriel Perrone Braz.

Revista Brasileira de Ciência & Movimento - v.21 - n.1 - 2013

Send to Kindle


Resumo

Nos últimos anos, o futsal tem sido uma das principais formas de prática de atividade física, especialmente em jovens do sexo masculino. O objetivo desta pesquisa foi verificar a relação entre o número de envolvimentos com bola e medidas antropométricas, indicadores de aptidão física, indicadores de desempenho técnico e os resultados dos jogos. Foram selecionados 31 estudantes do sexo masculino entre 14 e 16 anos de idade e mensurados o peso corporal, as dobras cutâneas e a estatura. Como indicadores de aptidão física, foi mensurada a resistência cardiorrespiratória, potência muscular de membros inferiores e velocidade. Em relação ao desempenho técnico, foram analisados, em vídeo, aproximadamente 120 minutos de atividade com utilização do software SIMI Scout, e quantificados os chutes, dribles e passes certos e errados. O número total de envolvimentos com a bola foi quantificado com base nas situações que o jogador esteve em contato físico com a bola ou exercendo uma pressão direta sobre o adversário com a posse. Verificou-se também a frequência total de envolvimento com bola das equipes por minuto de jogo e a distribuição percentual do placar dos jogos. Entre os principais resultados, foi observado que, em indivíduos não treinados, a condição cardiorrespiratória apresentara forte correlação com a quantidade de envolvimento com bola e a quantidade de envolvimento com bola das equipes por minuto não teve influência no placar final da partida.

Endereço: http://portalrevistas.ucb.br/index.php/RBCM/article/view/3456

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.