Relações Entre Atividade Física e Aspectos Psicológicos em Pacientes com Epilepsia

Por: Simone Thiemi Kishimoto.

2015 27/02/2015

Send to Kindle


Resumo

A epilepsia é uma condição neurológica grave caracterizada por crises recorrentes e espontâneas no cérebro. Apesar de comum, pode prejudicar as funções cognitivas, emocionais e comportamentais, a capacidade de trabalho, o funcionamento social, a estabilidade familiar e a autoestima do paciente; influenciando assim sua qualidade de vida. Nos dias atuais, a saúde tornou-se um dos mais importantes benefícios associados à atividade física. Assim, o profissional de educação física tem adquirido um novo perfil no processo saúde, doença e cuidado. Neste sentido, este estudo teve como objetivo avaliar aspectos psicológicos (qualidade de vida, autoestima, resiliência, sintomas depressivos e estigma) em pacientes com epilepsia de lobo temporal, comparando com a intensidade de atividade física praticada pelos mesmos. Foram avaliados 80 pacientes com epilepsia de lobo temporal, associada à esclerose mesial hipocampal do Ambulatório de Epilepsia HC/UNICAMP (média±desvio padrão: 42 ±10,0 anos), sendo 31 homens, divididos em Grupo Ativo (61) e Grupo Não Ativo (19). Os instrumentos utilizados foram: 1) IPAQ: grau de atividade física 2) WHOQOL-bref: qualidade de vida 3) QOLIE-31: qualidade de vida específica na epilepsia 4) Escala de autoestima de Rosenberg: nível de autoestima 5) Escala de Resiliência: nível de resiliência 6) Inventário de Depressão de Beck: sintomas depressivos 7) Escala de Estigma na Epilepsia: percepção de estigma. Os resultados mostraram que os aspectos psicológicos foram avaliados em: qualidade de vida: GA=68,44, GNA=56,06 (p=0,002); qualidade de vida na epilepsia: GA=66,71, GNA=49,98 (p=0,000); autoestima: GA=6,68, GNA=11,68 (p=0,001); resiliência: GA=141,95, GNA=129,0 (p=0,298); sintomas depressivos: GA=6,31, GNA=16,21 (p=0,001); estigma: GA=42,60, GNA=46,75 (p=0,298), tiveram índices melhores quando comparados com os pacientes não ativos. Com este trabalho conseguimos ampliar o nível de informação destes pacientes e profissionais da saúde, bem como ter um efeito multiplicador por meio da divulgação e publicação destes dados. 

Endereço: http://www.bibliotecadigital.unicamp.br/document/?code=000952278&opt=3

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.