Relações Intersetoriais no Soe Enquanto Política Pública Que Atua com Práticas Corporais Para a População Idosa

Por: Leonardo Perovano Camargo.

2017 30/03/2017

Send to Kindle


Resumo

Há um fenômeno mundial de aumento da expectativa de vida e queda da taxa de fecundidade, promovendo o envelhecimento da população e, consequentemente, a necessidade de Políticas Públicas se adaptarem aos serviços para maior alcance e qualidade para esta população. As pessoas não envelhecem isoladamente, mas populações inteiras estão envolvidas nesse fenômeno, mesmo em países jovens este fenômeno está ocorrendo em um ritmo acelerado. Dentro desta realidade, o objetivo desta pesquisa é investigar as relações intersetoriais nas ações de Políticas Públicas com atividades físicas/práticas corporais à população idosa, delimitando a análise ao Serviço de Orientação ao Exercício - SOE da cidade de Vitória - ES. Uma hipótese para melhores resultados nos serviços é a gestão descentralizada e intersetorial, considerando os indivíduos de forma integral, promovendo ações sinérgicas e com participação popular. Esta é uma pesquisa qualitativa utilizando métodos mistos propostos por Richardson (1999): Análise de Conteúdo dos seguintes tipos: Análise Documental, Entrevista Guiada com a Gestão de uma Política Pública, Questionários Semi-estruturados com a população atendida por esta Política Pública e Diário de Campo. Dentro deste conjunto de técnicas, procuramos entender como são dadas as relações intersetoriais (se houver), o que os documentos apontam que essas relações devem ser e qual é a compreensão da gestão e da população sobre este tema. Como conclusão, observou-se que o SOE, apesar de ser uma Política Pública de vanguarda e de referência nacional, ainda possui relações intersetoriais incipientes, classificadas como articulações governamentais horizontais, que é uma intersetorialidade embrionária, abrindo caminho para a construção de uma Política Pública com mais alcance e qualidade. A gestão apontou a importância da intersetorialidade, mas constatou que uma limitação pode ser a falha na formação dos profissionais. A população, apesar do alto perfil econômico e do bom nível de educação, apresentou falta de conhecimento sobre o tema intersetorialidade.

Endereço: http://www.educacaofisica.ufes.br/pt-br/pos-graduacao/PPGEF/detalhes-da-tese?id=10840

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2020 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.