Relevância do Fator Casa na Copa Libertadores da América: Análise Quantitativa do Desempenho dos Clubes nas Fases Finais

Por: Carlos Augustus Spinelli Soares, Marcio Ferreira Bezerra e Thiago Ghiotti Gramacho.

Revista Intercontinental de Gestão Desportiva - v.7 - n.3 - 2017

Send to Kindle


Resumo


A profissionalização da gestão do futebol, principalmente, no que tange ao desempenho esportivo, vem acompanhada por um processo complexo derivado do aumento de dados gerados ao longo da temporada, que permitem que as comissões técnicas produzam informações e relatórios que são capazes de dar suporte na tomada de decisões, dentro de um ambiente de grande instabilidade e competitividade. A utilização de softwares para administrar e gerar informações e estatísticas são considerados fundamentais como vantagem competitiva frente aos seus adversários, onde detalhes podem fazer com que um clube vença seus jogos. O objetivo do presente é investigar o quão fundamental jogar em casa tem sido para os clubes, que competem na Copa Libertadores da América, avançarem no torneio. Entendendo que a gestão das informações para o planejamento do elenco, conhecimento dos adversários e de tudo que envolve a competição, é de suma importância para melhorar o desempenho esportivo, foram feitas análises quantitativas objetivas dos resultados dos clubes jogando em seus domínios, de 2006 a 2016. Concluiu-se que o fator casa é uma vantagem para o sucesso no campeonato, já que a maioria dos resultados foram construídos pelos clubes quando jogaram em seus próprios estádios. 
 

Endereço: http://www.revista.universo.edu.br/index.php?journal=gestaoesportiva&page=article&op=view&path%5B%5D=6285

Comentários


:-)





© 1996-2021 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.